Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André traz jovem técnico Bruni Silva, 29 anos

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Com cinco temporadas de experiência na Liga Nacional de Futsal, ele substitui o pai, Cidão


Dérek Bittencourt

28/12/2021 | 09:18


O Santo André Futsal/Intelli tem novo treinador para a temporada 2022: o jovem Bruno Silva, 29 anos. O time foi comandado por Cidão neste ano e, no ano que vem, seu filho é quem estará à frente da equipe, enquanto o pai retorna à função de supervisor. Apesar da pouca idade, o novo técnico coleciona títulos, como duas Copas Paulistas, uma Liga Paulista e competições regionais ou estaduais dirigindo o Brasília-DF, time que trabalhou em 2021.
Com cinco edições de Liga Nacional no currículo, partirá para a sexta participação, com o status de treinador mais jovem do torneio. “É um técnico que tem um DNA vitorioso. Já poderia ter vindo esse ano, mas tínhamos trabalho desenvolvido com o Ivan (Gomes) e ele foi para o Brasília. Tivemos conversa com o Cidão e em decisão muito pessoal dele, para focar em cuidar da saúde, então definimos que o Bruno seria a melhor opção neste momento”, explicou o presidente do Santo André, Rodolfo Guedes.
Antes mesmo deste anúncio, Bruno Silva já vinha participando da montagem do elenco andreense para a próxima temporada. E, agora, terá a missão de conduzir o time nas competições estaduais e no Nacional. “A ambição é máxima, de buscar o máximo que puder, conquistar títulos, principalmente no âmbito estadual. É de vital importância. Para isso, precisamos ganhar de Magnus (Sorocaba), Corinthians ou São José, então vamos trabalhar para bater de frente com eles”, projetou. “A montagem do elenco está praticamente pronta. Esperamos colher frutos e fazer com que o futsal seja ainda maior no Grande ABC, criar laços”, continuou o técnico.
A negociação entre as partes se estende há alguns meses. Franco, Bruno Silva contou como se desenrolaram as tratativas. Foi situação interessante. “A gente vinha falando que era uma pena não estar junto no projeto de Santo André. Quando Brasília ficou fora da Liga Nacional, logo abrimos conversa e falamos da possibilidade. A princípio como auxiliar e integrante da comissão, mas a diretoria e o Cidão (de quem é filho) optaram por ele ficar como supervisor e eu como técnico do principal. De pronto aceitei, estou bastante animado com essa possibilidade de voltar para a Intelli”, explicou o treinador, que esteve à frente do time por quatro temporadas, sendo duas em São Sebastião do Paraíso, uma em São Carlos e uma em Dracena.
Bruno ainda contou que sua relação com o Ramalhão é antiga. “O primeiro jogo contra Santo André quando iniciou o projeto em 2018, foi contra a Intelli. Eu era o técnico. E, desde então, a gente manteve bom relacionamento com toda a diretoria, com Rodolfo, Léo, Beth. Então é namoro antigo. Espero que agora juntos possamos conquistar todos os objetivos, igualar ou melhorar a campanha na Liga Nacional”, finalizou o novo comandante andreense.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;