Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Para a Opas, é 'muito cedo' para avaliar gravidade de sintomas da Ômicron



08/12/2021 | 14:19


Gerente de Incidentes para covid-19 da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Sylvain Aldighieri afirmou nesta quarta-feira, 8, que "ainda é muito cedo" para comparar a gravidade dos sintomas provocados por infecções pela variante Ômicron com outras cepas do coronavírus. Dados preliminares apontam que a nova variante provoca quadros menos severos da doença.

Durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira, o especialista disse que ainda é necessário que informações mais conclusivas estejam disponíveis para avaliar os efeitos da Ômicron em pacientes.

Diretor-assistente da Opas, Jarbas Barbosa ressaltou que a cepa Delta ainda é a predominante na região das Américas.

Por isso, de acordo com ele, o foco dos países da região deve continuar sendo ampliar a vacinação com os imunizantes disponíveis, já que eles são comprovadamente eficazes contra a Delta.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;