Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Guedes: tem havido muito barulho sobre situação fiscal no Brasil



07/12/2021 | 18:52


O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira, 7, que a classe política faz muito ruído sobre a situação fiscal no Brasil quando, segundo ele, o governo vem reduzindo o rombo das contas primárias como proporção do PIB.

Ao participar de fórum da consultoria Eurasia, Guedes salientou que, contrariando previsões de queda de 10% do PIB no ano passado, o Brasil caiu menos e se recuperou mais rápido, sem perder empregos formais na crise.

O ministro da Economia disse que o governo tinha um compromisso duplo de colocar o dinheiro necessário no enfrentamento da pandemia e, ao mesmo tempo, respeitar as gerações futuras, de modo que, após a expansão fiscal na crise sanitária, "nenhum outro país" promoveu política fiscal mais contracionista do que o Brasil.

Guedes projetou que, mesmo com o aumento das despesas com o Auxílio Brasil, o déficit primário deve cair para 0,5% do PIB no ano que vem. Ele lembrou que, no primeiro ano do governo, o rombo já tinha sido reduzido de perto de 2% para 1%, porém a pandemia exigiu que subisse para acima de 10% do PIB.

Após prever crescimento de 5% da economia neste ano, Guedes disse que o Auxílio Brasil eleva de 17% para 18,5% o gasto público como proporção do PIB previsto para o ano que vem. "Posso assegurar que os políticos estão fazendo muito barulho sobre a situação fiscal", afirmou o ministro.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;