Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bolsonaro se exalta ao comentar pressão da Anvisa por restrições e solta palavrão



07/12/2021 | 13:36


O presidente Jair Bolsonaro se exaltou nesta terça-feira (7) ao comentar a pressão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por mais restrições nas fronteiras para conter a variante Ômicron do coronavírus. "Estamos trabalhando com a Anvisa, que quer fechar o espaço aéreo. De novo, p?? De novo vai começar esse negócio?", afirmou, em tom elevado, o chefe do Executivo durante evento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) com empresários do setor.

Como mostrou o Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, o governo cancelou a reunião que faria ontem com a Anvisa para discutir eventual adoção do chamado passaporte da vacina para entrar no País e, ainda, possível fechamento das fronteiras aéreas com mais quatro países africanos. O endurecimento das medidas sanitárias esbarra na resistência do próprio Bolsonaro.

"Ah, a Ômicron. Vai ter um montão de vírus pela frente, um montão de variante pela frente, talvez. Peço a Deus que esteja errado", declarou o presidente. "Ninguém vai ganhar guerra dentro da trincheira, superar problemas do Brasil dentro de casa", acrescentou.

Em seguida, Bolsonaro fez nova defesa do chamado tratamento precoce contra a covid-19, que não tem comprovação científica. "Tem a imunidade de rebanho que está aí, estamos chegando a final da pandemia", avaliou o chefe do Executivo, enquanto o mundo discute o potencial efeito da chegada da nova cepa.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;