Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

5 atrações de turismo em Macapá

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Maria Beatriz Vaccari
Do Rota de Férias

08/12/2021 | 08:55


Fazer turismo em Macapá (AP) é uma ótima pedida para quem quer aprender mais sobre a cultura brasileira. Conhecido como “Capital do Meio do Mundo” (por ser cortada pela linha do Equador), o destino não possui conexão por rodovia com nenhuma outra capital – o acesso direto é realizado somente via aérea ou marítima.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Turismo em Macapá

Quem visita Macapá pode observar o equinócio da primavera (março) e do outono (setembro), quando os dias e as noites têm a mesma duração. Favorecida pela localização estratégica, com sua costa banhada pelo rio Amazonas, boa parte do turismo macapaense é dedicado à rica história e cultura, desde a formação e desenvolvimento do município aos costumes e tradições de seus habitantes.

O clima na cidade é quente e úmido. As temperaturas máximas giram em torno de 31°C e 33°C, podendo chegar a até 40°C durante o dia.

A A Amapá Ecocamping, empresa especializada em passeios turísticos em contato com a natureza e a cultura local, preparou uma lista com cinco passeios para quem quer fazer turismo em Macapá. Confira!

Passeios em Macapá

APA do Rio Curiaú

Localizada a 18km do centro de Macapá, a APA do Rio Curiaú é um atrativo que permite ao turista compreender melhor o turismo de base comunitária (uma oferta de experiências que estão no cotidiano dos moradores, mas que é algo novo para quem a visita pela primeira vez). A comunidade é acessada por estradas e por via fluvial. A área tem paisagens marcantes e é muito procurada pelas águas e a flora do rio Curiaú. O sistema de drenagem é interligado, com lagos temporários e permanentes, influenciados por regimes pluviais e de marés. Na estiagem, as áreas inundadas se contraem. No período chuvoso, elas se ampliam e formam um belo cenário natural ideal para passeio de canoa, visualizar pássaros e uma vegetação aquática de rara beleza cênica, além de conhecer o estilo de vida da população tradicional, o movimento da extração de madeira, do açaí e de látex da seringueira.

Reserve tours, ingressos e transfers antes de sair de casa e pague em parcelas. É cômodo, seguro e você ganha um tempão.

Passeio pelo Rio Amazonas

Passando pela capital ou dando voltas pelas ilhas próximas, os tours pelo rio Amazonas são muito populares. Neles, é possível apreciar o mar e a orla recheada de árvores, conhecer a flora e fauna (terrestre e marinha) ou até aproveitar para observar ou nadar com os botos.
Trilha das Samaúmas na Ilha de Santana

Outro passeio bem interessante é a Trilha da Samaúma (maior árvore amazônica), dentro da Ilha de Santana, próxima de Macapá. Cercada pelo Rio Amazonas, reúne uma floresta conservada por uma fauna e flora milenar (com árvores de grande porte, açaizais e plantas raras e coloridas), muitos riachos e igarapés (como o famoso igarapé da Várzea).
Percorrer a trilha é conectar-se com a Amazônia intocada. São muitas Samaúmas centenárias – algumas com mais de 400 anos. No trajeto é possível tomar banho de rio e, se tiver sorte, apreciar uma revoada de pássaros.

A gastronomia local traz um aroma delicioso carregado de muitas histórias e curiosidades sobre a ilha de Santana. Por isso, deliciar-se com um almoço bem tucuju (nome de quem nasce na região) com direito a peixe assado na hora, açaí com farinha e sucos com frutas da região (como de taperebá, de Cupuaçu) é outra experiência incrível. De quebra, as sobremesas caseiras, com o creme de cupuaçu, completam a viagem.

Fortaleza de São José

Erguida entre 1764 e 1782, a Fortaleza São José de Macapá foi estrategicamente construída por mão de obra escrava de negros e índios na foz do Rio Amazonas. Criada durante a colonização portuguesa para proteger a região da invasão de estrangeiros, hoje o monumento histórico é tombado pelo Instituto Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

No passeio é possível ver a estrutura de quatro baluartes, canhões de época, antigos armazéns, capela, casa de oficiais e do comandante, casamatas, paiol e hospital. Além dos elementos externos, como revelim, redente, fosso seco e baterias baixas. Próximo à fortaleza, alguns outros locais marcantes completam a visita, como a Casa do Artesão, o Trapiche Eliezer Levy e o Parque do Forte.

Passagens aéreas mais baratas – pesquise as ofertas das melhores companhias aéreas de uma vez e compare os preços aqui.

Monumento Marco Zero do Equador

O Monumento Marco Zero do Equador é considerado um dos mais importantes atrativos de Macapá. Construído sobre a linha imaginária do Equador – que divide a Terra em dois hemisférios –, o empreendimento conta com um obelisco de 30 metros de altura com uma abertura circular no centro. Ali o sol incide na época do equinócio – fenômeno que acontece somente nos meses de março e setembro.

O complexo contempla ainda um terraço, espaço para shows, além de salão para exposições, restaurante e loja de produtos artesanais.
Muitos turistas e moradores que visitam o Marco Zero se surpreendem com um fenômeno inusitado. Quando um ovo é colocado exatamente sobre a linha do Equador, ele fica parado em pé, sem cair. Algo que não tem explicação física, mas que atrai curiosos que chegam para produzir vídeos e fotos.

PLANEJE SUA VIAGEM

Na hora de planejar uma viagem para fazer turismo em Macapá, não deixe de checar todos os detalhes antes mesmo de fazer as malas. Aqui, você encontra as dicas da nossa equipe para comprar passagens aéreas mais baratas, alugar carros e reservar hotéis, bem como passeios, transfers e ingressos para eventos, com mais comodidade.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;