Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Rayssa Leal derrota Pâmela Rosa e conquista título de competição de skate no Rio

Divulgação/Rededoesporte.gov.br/Breno Barros Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


05/12/2021 | 20:31


Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, Rayssa Leal foi a campeã do STU Open Rio da categoria skate street, disputado neste domingo, na Praça Duó, no Rio de Janeiro. Em disputa acirrada com a bicampeã mundial Pâmela Rosa, Rayssa se segurou na primeira colocação durante toda a prova para faturar o título.

Após liderar as classificatórias no sábado, Rayssa somou 16,30 pontos para somar mais um troféu na temporada 2021. Pâmela terminou na segunda colocação e Virginia Fortes Águas completou o pódio da última competição do ano válida pelo ranking brasileiro da Confederação Brasileira de Skate (CBSK).

A "Fadinha", apelido de Rayssa, resumiu o ano como "irado" e celebrou o fim da temporada ser no Brasil. "Foi muito importante para mim terminar esse ano incrível aqui no Brasil, de estar com a minha família, com a torcida. Eu estou muito feliz. Esse ano foi irado", afirmou.

Rayssa e Pâmela disputaram nota a nota o título. Mas quem levou o caneco para casa foi a primeira, que fez uma atuação exemplar abusando das manobras de alto nível de dificuldade. A bicampeã mundial terminou com 15,56 pontos.

No masculino, Lucas Rabelo foi o grande campeão do skate street do STU Open. A modalidade fechou a competição com atuações impecáveis dos grandes nomes do skate brasileiro. O atual vice-campeão mundial liderou a competição do início ao fim. O cearense se sagrou campeão com uma manobra espetacular de 9.62 pontos. Eduardo Neves e João Lucas Alves completaram o pódio.

O STU marca um fim de uma ano mágico na carreira de Lucas Rabelo. O skatista foi vice-campeão do Mundial de Skate Street e medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos Júnior, tudo isso em um intervalo de menos de um mês.

"É o melhor ano da minha vida, posso dizer assim. Eu pude andar de skate, mais feliz do que nunca, estar de volta na minha casa, no Brasil. E poder ter ganhado aqui foi sensacional. Depois de ter vindo de outras vitórias, outras competições, nada melhor do que chegar e ganhar em casa, recebendo esse carinho brasileiro", disse Lucas após sua vitória.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;