Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Juliana Caldas detona filme de Leandro Hassum e ator se pronuncia: Meu propósito sempre será divertir



05/12/2021 | 13:10


Juliana Caldas compartilhou um vídeo no Instagram em que fala sobre o filme Amor Sem Medidas, estrelado por Leandro Hassum e Juliana Paes. A atriz criticou o filme pela abordagem do nanismo como uma forma de piada e também pelo personagem não ser de fato um ator portador de nanismo. A critica da atriz viralizou e Leandro Hassum resolveu se pronunciar.

- Não dá mais para aceitar hoje um filme que faz você sentar e rir disso, rir dos outros, rir da condição do outro, sabe? No caso, né, da deficiência do nanismo, declarou ela.

O filme retrata a relação de uma pessoa que possui a deficiência do nanismo com uma outra que não tem a condição, personagem interpretada por Juliana Paes.

- Primeiro porque a pessoa que faz o personagem que tem nanismo, o ator não tem nanismo, que é o próprio Leandro Hassum. Eles fizeram computação gráfica, diminuíram [o Hassum] em computação gráfica, essas coisas, para mostrar que ele tem baixa estatura. E, depois disso, a maior parte do filme tem piadas totalmente capacitistas, totalmente preconceituosas e que, cara, não dá para aceitar hoje em dia.

A atriz até comparou como as piadas de racistas, homofóbicas e gordofóbicas não são aceitas e não teriam sido levadas como algo normal.

- Porque o filme é de humor. Quando a gente fala sobre o nanismo, a maior parte das vezes é nessa forma de piada e totalmente capacitista e preconceituosa. O nanismo é considerado uma deficiência. Aí você rir disso hoje em dia não dá mais para aceitar.

Juliana ressaltou que essa situação não poderia passar batida e considerou a situação uma falta de respeito com todas as pessoas portadoras de nanismo.

- Mas não dá para passar batido a falta de respeito com o próximo. Ainda mais no momento no mundo de hoje, sabe? E todas as outras pautas a gente vê que são levadas a sério. E aí quando você põe a pauta de nanismo, a maioria das vez não é levada a sério.

Diante das fortes críticas feitas por Caldas, Leandro Hassum, protagonista do longa, resolveu se pronunciar. Segundo o Adoro Cinema, ele emitiu o seguinte comunicado:

Sinto muito de verdade, pois jamais quero, através dos meus filmes e arte, causar dor. Ao contrário, meu propósito sempre será divertir, entreter, pois acredito no humor agregador para a família toda. O filme conta uma história de amor, de pertencimento e de inclusão, valorizando as capacidades de seus personagens e repudiando qualquer preconceito, de qualquer espécie. Vivemos num mundo ainda distante do ideal, mas que vem caminhando no sentido de não dar espaço a nenhum tipo de preconceito, segregação ou exclusão. Esta foi a intenção, por meio da leveza do humor, abordar a importância de vivermos num mundo com mais amor e respeito, onde ser aceito e amado independe de características físicas. Fico aqui com o coração doído por, de algum modo, não ter transmitido isso a Juliana Caldas e estou mais que aberto a acolhê-la com meu total carinho e respeito.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;