Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André leva virada do Sesi Araraquara e fica com vice do Paulista

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Mesmo jogando no ginásio do Celso Daniel, time não resiste à reação da equipe visitante


Dérek Bittencourt

01/12/2021 | 23:41


Um apagão na reta final do jogo tirou das mãos do Santo André/Apaba o título de campeão paulista na noite desta quarta-feira, 1º. Quem aproveitou foi o Sesi Araraquara, que, mesmo no ginásio do Parque Celso Daniel, conseguiu incrível recuperação – principalmente a partir das bolas de três pontos de Sossô, que terminou como cestinha da partida e maior pontuadora do campeonato –, venceu por 62 a 53 e fechou o play-off final em dois jogos a um, conquistando pela primeira vez a competição estadual.

Santo André começou em ritmo lento e Araraquara já abriu vantagem de dez pontos logo no primeiro quarto (21 a 11). Porém, nas duas parciais seguintes, as comandadas de Arilza Coraça não só reagiram, com grande contribuição de Jaqueline Silvestre, como conseguiram abrir nove pontos de diferença no placar (43 a 34, faltando três minutos para o fim do terceiro período).

Foi a partir de um pedido de tempo do técnico Fábio Appolinário que as visitantes reagiram, contando com muitos erros ofensivos das andreenses, que – assim como no domingo – por vezes aceleraram quando não deveriam; outrora, erraram lances teoricamente fáceis. Sossô e Erika Leite, pelo lado araraquarense, acertaram praticamente tudo, de onde tentaram, e comandaram mais uma reviravolta no placar, fechando o duelo em 62 a 53, para festa do time do Interior e muita frustração das donas da casa.

Após a partida e a premiação – a pivô Glenda Cruz recebeu o troféu como MVP (melhor jogadora) da série final –, a técnica Arilza Coraça, sem esconder a chateação pela perda do título – que seria o nono da cidade no Estadual –, lamentou adversidades que prejudicaram o desempenho das andreenses.

“Tivemos duas jogadoras importantes contundidas, que foram a Cacá e a Milena Nêga. Passamos o campeonato inteiro dessa forma e fomos nos superando. Chegar na final não foi fácil, foi com muita luta e dificuldade”, iniciou a treinadora. “Essa chegada do Sesi na final foi completamente inesperada, então, para elas, o discurso era que já haviam feito a parte delas. Mas foram guerreiras, e com meninas que estão na Seleção Brasileira, foram mais felizes, tiveram grandioso aproveitamento de bola de três, então é difícil, mas temos que aceitar, parabenizar e apesar de tudo fomos vice-campeãs”, continuou.

Nos três jogos do play-off final, Arilza recorreu a jogadoras muito jovens, casos de Stephany e Aninha, ambas de apenas 17 anos. “Isso temos que ressaltar, o trabalho de renovação”, destacou Arilza, que lamentou não poder contar com duas peças tão importantes tanto para o time titular quanto para a rotação. “A Milena vinha fazendo campeonato maravilhoso e infelizmente torceu o joelho. A Cacá veio, voltou para casa depois de grande atuação pelo Blumenau, e infelizmente também machucou e não jogou”, emendou.

EXTRAQUADRA
O Santo André teve tudo para ser campeão, após vencer o primeiro jogo em Araraquara. Afinal, faria os dois jogos seguintes em casa, os quais acabou perdendo. Além das jogadoras lesionadas, outro motivo que Arilza supõe ter interferido para a queda de rendimento de sua equipe vem de fora da quadra. “Enquanto estávamos jogando, as equipes que estão se preparando para a LBF (Liga de Basquete Feminino) de 2022 estavam assediando nossas jogadoras. A gente aqui ralando e esses times em cima das jogadoras. Isso mexe com a cabeça delas”, finalizou a treinadora andreense. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;