Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Moraes vota para manter marco legal do saneamento



01/12/2021 | 16:47


O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou para manter o novo marco legal do saneamento. Em julgamento nesta quarta-feira, 1º de dezembro, pela Corte, a lei já tem os votos favoráveis de três ministros: além de Moraes, de Kassio Nunes Marques e do presidente do STF.

Na sua manifestação, Moraes afirmou que o modelo de política pública anterior ao novo marco não foi capaz de "alcançar resultados mínimos". "Resultados mínimos indispensáveis para a efetividade de direitos fundamentais da população brasileiro. Saneamento básico é um direito fundamental", afirmou o ministro.

Moraes também argumentou que a nova lei não apresenta incompatibilidade com os ideias de modicidade e universalização dos serviços, como alegaram os partidos e as empresas estatais de saneamento ao STF. "Na verdade, esses ideais são alguns dos aspectos que justificaram a construção de papel regulatório mais sólido da Agência Nacional de Águas", disse.

O ministro também corroborou com a regra do marco que exige a regularização dos contratos atuais como condição para que eles possam continuar a vigorar. "Não é possível que aceitemos que contratos que não estão produzindo o efeito correto se mantenham como estão", afirmou Moraes.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;