Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

MPMG denuncia Eduardo Costa por estelionato em negociação de casa de R$ 9 mi



01/12/2021 | 15:43


O Ministério Público de Minas Gerais denunciou o cantor sertanejo Eduardo Costa por estelionato. Segundo a denúncia, ao negociar uma casa no valor de R$ 9 milhões em Belo Horizonte, em 2015, o artista teria 'omitido dolosamente' que o imóvel oferecido como parte do pagamento era alvo de ações judiciais. Desse modo, ele teria 'obtido vantagem ilícita, em prejuízo das vítimas', de acordo com a Promotoria de Minas.

Na denúncia, que inclui Gustavo Caetano da Silva, além de Eduardo Costa, o MPMG requer a condenação dos dois ao pagamento de danos morais para ressarcimento das vítimas. De acordo com o documento do Ministério Público, Gustavo, sócio do artista na EC13 Promoções Ltda, empresa proprietária do imóvel que era alvo de ações judiciais, teria 'participado ativamente' das negociações do contrato de compra e venda.

"(Gustavo) tinha pleno conhecimento da situação envolvendo o bem e, da mesma forma, omitiu as informações dolosamente para obter vantagem ilícita", informou o MPMG, em nota.

O órgão aponta que o imóvel era alvo de uma ação de reintegração de posse proposta por Furnas Centrais Elétricas S/A e de uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal na Vara Federal de Passos. Avaliado em R$ 5,6 milhões, a casa fica em um local conhecido como 'Fazenda Engenho da Serra', no distrito de Capitólio, em Piumhi.

As vítimas teriam tomado conhecimento da situação jurídica do imóvel somente depois que já tinham a posse do bem, sem a escritura definitiva. Segundo o Ministério Público, a este ponto, a casa vendida de BH já estava no nome do artista. As vítimas teriam tentado entrar em contato com Gustavo para desfazer o negócio, mas não teriam tido sucesso.

Segundo a Polícia Civil, após inquérito policial para apurar o crime, o artista foi indiciado no artigo 171 do Código Penal e o relatório encaminhado à Justiça no último dia 27 de setembro.

COM A PALAVRA, EDUARDO COSTA

Até a publicação desta matéria, a reportagem buscou contato com a assessoria do cantor Eduardo Costa, mas sem sucesso. O espaço está aberto para manifestação.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;