Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Juventude vence Red Bull Bragantino, respira contra rebaixamento e derruba Sport



30/11/2021 | 21:26


No duelo que abriu as disputas do Brasileirão, na noite desta terça-feira, o Red Bull Bragantino perdeu a chance de seguir tranquilo no G-6. Isso porque, jogando fora de casa, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), o time paulista acabou derrotado pelo Juventude, pelo placar de 1 a 0. Ricardo Bueno, ainda no primeiro tempo, fez o gol que fez o time gaúcho respirar contra a zona de rebaixamento e de quebra, ainda decretou o rebaixamento do Sport que com este resultado não tem mais chances de se salvar.

Com o resultado, o Juventude subiu para 14ª colocação com 43 pontos, abrindo três de vantagem para o Bahia, que tem 40 e é o primeiro time dentro da degola. O Sport, ficou com 33 e não consegue mais se livrar do rebaixamento. O time pernambucano pode alcançar até 42 pontos, mesma pontuação do Athletico-PR, mas perderia no número de vitórias. Já o Red Bull Bragantino segue estacionado em quinto com 53, mas pode perder a vaga no G-6 - zona de classificação para a Libertadores de 2022 - no decorrer destes jogos atrasados do Brasileirão.

Mesmo jogando fora de casa, foi o Red Bull Bragantino que começou a partida tomando as rédeas do jogo com uma marcação alta e dificultando a saída de bola do Juventude. Mas, com o passar do tempo, o time gaúcho foi ganhando mais espaço e conseguiu equilibrar a partida.

Tanto que a primeira chance de gol saiu pelos lados dos donos da casa. Aos 35 minutos, Guilherme Castilho foi derrubado na área por Jadsom Silva e depois de analisar o VAR, o árbitro marcou pênalti. Ricardo Bueno foi para a cobrança, mas chutou para fora.

No apagar das luzes do primeiro tempo, o atacante conseguiu se redimir e abriu o placar aos 44 minutos. Ele recebeu um toque açucarado na entrada da área, girou para cima do marcador e bateu no cantinho do goleiro Cleiton, que ainda viu a bola bater na trave antes de entrar.

Na volta do intervalo, o ritmo caiu um pouco, com os times trocando passes no meio-campo e buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário. Mas, isso só foi acontecer aos 16 minutos, quando Luan Cândido cruzou na área e encontrou Ytalo, livre. Mas, o atacante cabeceou para fora, perdendo uma grande chance para o Red Bull Bragantino empatar.

A partir daí, os times começaram a se lançar em contra-ataques, mas sem sucesso. Em um desses lances, Ricardo Bueno alegou ter recebido uma cotovelada de Aderlan e a houve confusão entre os jogadores, mas os ânimos logo foram acalmados. Depois disso, não houve tempo para mais nada e o Juventude venceu por 1 a 0, com muita comemoração de mais de 18 mil torcedores.

Os dois times voltam a campo no próximo final de semana para a disputa da reta final do Brasileirão. Na sexta-feira, o Juventude visita o Fortaleza, na Arena Castelão, às 21h. Já no domingo, o Red Bull Bragantino também joga fora de casa quando encara o Atlético-MG, no Mineirão, às 16h.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE 1 X 0 RB BRAGANTINO

JUVENTUDE - Douglas Friedrich; Michel (Paulo Henrique), Vitor Mendes, Rafael Foster e William Matheus; Jadson (Ricardinho), Dawhan, Guilherme Castilho e Wescley (Chico); Sorriso (Capixaba) e Ricardo Bueno (Roberson). Técnico: Jair Ventura.

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Luan Cândido; Jadsom Silva, Emiliano Martínez (Helinho) e Praxedes (Gabriel Novaes); Artur, Ytalo (Hurtado) e Cuello. Técnico: Maurício Barbieri.

GOL - Ricardo Bueno, aos 44 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO Felipe Fernandes Lima (MG).

CARTÕES AMARELOS Vitor Mendes, Jadson e Ricardinho (Juventude) e Aderlan, Léo Ortiz e Jadsom Silva (Red Bull Bragantino).

PÚBLICO - 18.413 torcedores.

RENDA - Não divulgada.

LOCAL - Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;