Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Yellen vê economia dos EUA a caminho do pleno emprego 2 anos antes do previsto



30/11/2021 | 13:17


A economia norte-americana está a caminho de atingir o pleno emprego dois anos antes do que o estimado pelo Escritório de Orçamento do Congresso (CBO, na sigla em inglês), avalia a secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen. Em testemunho diante do Comitê Bancário do Senado, Yellen observou que a taxa de desemprego do país está no nível mais baixo desde o início da pandemia. "Estou confiante de que a recuperação econômica segue forte", afirmou.

Yellen disse ainda que a recuperação econômica do país não pode ser separada de seu progresso em lidar com a pandemia.

Em relação à variante Ômicron, identificada recentemente, a secretária afirmou que são necessários mais dados. "Mas o que permanece verdade é que nossa melhor proteção contra o vírus é a vacina. As pessoas devem se vacinar e receber a dose de reforço."

Teto da dívida

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos reforçou a importância de que o Congresso eleve o teto da dívida americana, cujo prazo expira em dezembro. "Não posso dizer o quão crítico é que Congresso lide com essa questão", afirmou.

Se a elevação não for feita, a recuperação vista atualmente será "eviscerada", diz Yellen.

A secretária destacou a importância dos pacotes apresentados pelo presidente Joe Biden. "Esperamos que esses investimentos levem a um aumento do PIB no longo prazo, sem aumentar a dívida nacional ou o déficit em um dólar. Na verdade, as compensações nesses projetos de lei significam que eles realmente reduzem os déficits anuais ao longo do tempo."



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;