Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Gabarito sai em 1º de dezembro; resultado será em 11 de fevereiro

Divulgação/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

O segundo dia de provas registrou taxa de abstenção de 29,9%, com participação de apenas 2,18 milhões de candidatos



29/11/2021 | 18:07


No dia 11 de fevereiro serão divulgados os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, mas o gabarito da prova, que permite ao estudante avaliar seu número total de acertos, será publicado nesta quarta-feira, dia 1º, segundo informou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Nos dois últimos fins de semana foram realizadas as provas do Enem (Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e Redação), nos dois domingos, diante de muita polêmica sobre se houve interferência do governo federal nos conteúdos, após denúncia dos servidores do Inep de que isso estaria ocorrendo, e expectativa dos estudantes sobre o teor do exame.

Nesta segunda-feira (29), representantes do Inep e do Ministério da Educação (MEC) fizeram um balanço do Enem 2021. O segundo dia de provas teve taxa de abstenção de 29,9%, com participação de apenas 2,18 milhões de candidatos. O exame, principal porta de entrada para o ensino superior, teve o menor número de inscritos desde o ano de 2005.

Já o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio, no domingo, 21, teve 26% de abstenção. Compareceram à prova apenas 2,3 milhões de candidatos - em edições anteriores, o exame recebia o dobro de candidatos

A queda nas inscrições teve relação, como mostrou o Estadão, com as dificuldades de obter a gratuidade na inscrição e com o ensino remoto ruim em meio à pandemia. Para o ministro Milton Ribeiro, porém, a culpa pelas dificuldades de aprendizagem durante a pandemia não é do MEC, mas dos governos locais, que decidiram manter as classes online. Ele lembrou, ainda, que 50% das vagas em instituições federais continuam sendo destinadas aos estudantes de escolas públicas.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;