Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Hulk faz dois, Atlético-MG bate Fluminense em casa e fica mais perto do título



28/11/2021 | 18:10


Com dois gols de Hulk, o Atlético Mineiro derrotou de virada o Fluminense por 2 a 1 na tarde deste domingo, no estádio do Mineirão, com a presença de quase 60 mil torcedores, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória deixa o time alvinegro muito próximo do título nacional, que poderá ser conquistado já na próxima quinta-feira, diante do Bahia.

O Atlético disparou ainda mais na liderança, com 78 pontos, contra 67 do Flamengo, na segunda colocação, a uma vitória do título brasileiro. O Fluminense, por sua vez, ficou com 51 pontos, podendo sair da zona de classificação para a Copa Libertadores.

De quebra, o time mineiro aumentou um tabu sobre o Fluminense. O Atlético não perde para o rival jogando em casa desde 2017, quando foi derrotado por 2 a 1, no Brasileirão daquele ano. Como mandante ainda, o time alvinegro chegou a 15 vitórias seguidas na competição, novo recorde.

A arbitragem voltou a ser protagonista de forma negativa em um jogo pelo Campeonato Brasileiro. Marielson Alves Silva, após consultar o VAR, assinalou um pênalti polêmico a favor do Atlético. De costas para o lance, o lateral Marlon sentiu a bola batendo no seu braço. Hulk foi para a cobrança e empatou o duelo, aos 37 minutos, alcançando a marca de 16 gols na competição.

O pênalti acabou salvando a atuação do Atlético no primeiro tempo. O time mineiro começou o jogo sendo surpreendido com um gol do zagueiro Manoel, principal surpresa na escalação montada pelo técnico Marcão, com a lesão de Nino. O defensor recebeu cruzamento do próprio Marlon para de cabeça inaugurar o marcador.

O jogo foi ficando nervoso. Com o Atlético perto do título, e o Fluminense de olho em uma vaga na próxima edição da Libertadores, ninguém quis tirar o pé. O time mineiro, no entanto, resolveu acelerar nos minutos finais, e perdeu oportunidades boas com Keno e Jair. Diego Costa, que chegou a ser dúvida no meio de semana, foi bem marcado e não conseguiu criar oportunidades de gol durante os primeiros 45 minutos.

O segundo tempo começou com um copo sendo arremessado para dentro de campo por um torcedor atleticano. Marielson pegou o objetivo e o tirou do gramado. Certamente, ele irá registrar em súmula. Voltando para o futebol, o Atlético voltou mais ligado e fez o segundo em uma cobrança de falta de Hulk, aos 14 minutos. O atacante contou com um desvio na barreira para fazer seu 17º gol no Brasileirão.

Em vantagem, o técnico Cuca começou a rodar o elenco, sem deixar de abdicar de atacar. O Atlético continuou em cima, sem dar espaço para o Fluminense. Marcão tentou jogar o time para o ataque, mas viu o rival "cozinhar" o jogo para confirmar mais uma vitória no Brasileirão, e ficar ainda mais perto do tão esperado título.

Após o apito final, a torcida soltou novamente o grito de "é campeão". Com 50 anos entalado na carga, os quase 60 mil torcedores fizeram a festa no estádio do Mineirão, com a expectativa de levantar a tão sonhada taça.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG 2 x 1 FLUMINENSE

ATLÉTICO-MG - Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Tchê Tchê), Jair, Zaracho e Keno (Nacho Fernández); Hulk (Eduardo Sasha) e Diego Costa (Vargas). Técnico: Cuca.

FLUMINENSE - Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, David Braz e Marlon; Wellington (Alexandre Jesus) e André (Cazares); Luiz Henrique (Matheus Martins), Yago Felipe e Caio Paulista (Arias); Fred (Bobadilla). Técnico: Marcão.

GOLS - Manoel, aos 13, e Hulk, aos 37 minutos do primeiro tempo. Hulk, aos 14 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Allan, Diego Costa, Jair, Junior Alonso, Keno e Nathan Silva (Atlético-MG); David Braz, Matheus Martins e Samuel Xavier (Fluminense).

ÁRBITRO - Marielson Alves Silva (BA).

RENDA - R$ 7.145.226,00.

PÚBLICO - 59.896 pagantes.

LOCAL - Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;