Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santos vence Fortaleza na Vila, respira e encaminha permanência na Série A



25/11/2021 | 21:14


O Santos se recuperou rapidamente da derrota no clássico contra o Corinthians ao superar o Fortaleza por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado leva o time paulista ao número mágico de 45 pontos, praticamente se livrando do rebaixamento. Os dois gols foram marcados por Marcos Leonardo.

Com a vitória, o Santos poderá usar as últimas três rodadas para focar no objetivo de conquistar uma vaga na Copa Sul-Americana. Atualmente, está na 11ª colocação do Brasileirão. O Fortaleza, por sua vez, começa a ver o seu lugar no G-6 ameaçado. O time estacionou nos 52 pontos e está em quinto, ainda podendo cair mais posições na sequência da rodada.

Após desfalcar o time no clássico contra o Corinthians, Marinho voltou a figurar entre os titulares. Além do camisa 11, o volante Sandry, recuperado de uma grave lesão, era a outra novidade entre os relacionados do time paulista. Por outro lado, Madson, outro atleta com problemas musculares, acabou virando desfalque.

No Fortaleza, a ausência sentida no time que iniciou a partida foi a de Lucas Lima. O reencontro entre jogador e Santos vinha sendo muito comentado por torcedores de ambas as equipes. No entanto, o ex-meia do Palmeiras iniciou do banco de reservas.

Em campo, o Santos começou mais ligado, criou as principais oportunidades, mas não conseguiu tirar o zero do placar. Logo de cara, Tardelli recebeu de Zanocelo e mandou muito perto do gol defendido por Marcelo Boeck. O Fortaleza se segurou e foi crescendo aos poucos. A resposta foi com Robson, que obrigou João Paulo a fazer uma grande defesa para evitar o gol.

O time cearense começou a pressionar, mas foi o Santos quem criou a melhor oportunidade. No minuto final do primeiro tempo, Marcos Guilherme recebeu da esquerda, dentro da pequena área, e chutou. Marcelo Boeck voou para operar um milagre. O árbitro consultou o VAR e decidiu terminar com a etapa inicial.

No intervalo, o Santos perdeu todo o seu poder ofensivo. Diego Tardelli sentiu um desconforto no posterior e precisou ser substituído. Além dele, Marinho, visualmente arrasado, voltou a sentir a coxa. O camisa 11 acabou saindo para evitar um problema ainda mais sério.

Sem sua dupla de ataque, o Santos começou a se virar como podia, mas encontrou dificuldade diante de um time muito bem organizado como o Fortaleza. Mesmo assim, no embalo de seus torcedores, criou boas chances. Após linda jogada de Ângelo, Gabriel Pirani jogou na rede pelo lado de fora. Algumas pessoas chegaram a gritar gol, mas o placar continuou inalterado.

O time paulista foi dominando o duelo e teve um pênalti marcado após a bola tocar na mão de Ronald. Marcos Leonardo foi para a cobrança e mandou para o gol. A bola ainda bateu em Marcelo Boeck antes de ultrapassar a linha, devagar. O Fortaleza, então, precisou mexer e colocou Lucas Lima em campo. A cada toque do meia, vaias tomaram conta da Vila Belmiro.

Juan Vojvoda tentou rodar o time do Fortaleza, que acabou ficando desorganizado e não se encontrou mais. O Santos se aproveitou disso e da estrela de Marcos Leonardo. O atacante recebeu de Gabriel Pirani e fez 2 a 0. Antes do apito final, Carille ainda colocou Sandry para ganhar alguns minutos em campo após longa lesão, e ficou assim.

Na próxima rodada, o Santos enfrenta o Internacional no domingo, às 19h, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). No dia 3 de dezembro (sexta-feira), o Fortaleza volta a campo diante do Juventude, às 19h, no Castelão, em Fortaleza (CE).

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 2 x 0 FORTALEZA

SANTOS - João Paulo; Kaiky, Danilo Boza e Luiz Felipe; Marcos Guilherme; Vinícius Zanocelo (Camacho), Felipe Jonatan (Sandry) e Lucas Braga; Marinho (Gabriel Pirani), Diego Tardelli (Marcos Leonardo) e Ângelo (Vinícius Balieiro). Técnico: Fábio Carille.

FORTALEZA - Marcelo Boeck; Tinga, Marcelo Benevenuto, Titi e Yago Pikachu (Lucas Crispim); Éderson, Ronald (Edinho), Matheus Vargas (Lucas Lima) e Bruno Melo; Robson (Wellington Paulista) e David (Romarinho). Técnico: Juan Vojvoda.

GOLS - Marcos Leonardo, aos 25 (pênalti) e aos 44 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Marcos Guilherme, Marcos Leonardo e Vinícius Zanocelo (Santos); Marcelo Benevenuto e Yago Pikachu (Fortaleza).

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

RENDA - R$ 223.880,00.

PÚBLICO - 11.313 pagantes.

LOCAL - Vila Belmiro, em Santos (SP).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;