Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

BCE vê inflação alta em parte por efeito estatístico e espera desaceleção



25/11/2021 | 08:30


Dirigente do Banco Central Europeu (BCE), Isabel Schnabel argumentou nesta quinta-feira que a inflação atual na zona do euro é em parte motivada por efeitos estatísticos. Durante apresentação com slides disponíveis no site do BCE, em evento do Conselho Econômico do CDU, ela argumentou que a inflação "deve desacelerar no médio prazo".

Schnabel notou que a alta mais elevada dos preços atuais leva em conta também a valorização de residências já ocupadas pelos proprietários na região.

Ao mesmo tempo, também apontou que mais companhias têm repassado aumentos de custos a seus clientes. De qualquer modo, para a dirigente não há evidência de uma espiral de alta nos preços ou nos salários, seja na zona do euro ou apenas na Alemanha.

Ainda para Schnabel, tinha havido um "significativo declínio" nas expectativas de inflação na zona do euro antes da pandemia.

Elas agora têm subido desde então. Outro ponto comentado pela dirigente é que os bancos da zona do euro cada vez mais têm repassado taxas de juros nominais negativas a seus clientes.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;