Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Moradora de São Bernardo reclama da falta de medicamento no Hospital Mário Covas

AndreHenriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Especial para o Diário
Heitor Agricio

24/11/2021 | 17:05


Delmara Macedo de Souza, 40 anos, moradora de São Bernardo fez um transplante no rim há 21 anos e desde então usa diariamente micofenolato de sódio, medicamento para evitar rejeição do órgão transplantado. O remédio era disponibilizado pelo Hospital Mário Covas, em Santo André, equipamento gerido pelo governo do Estado, mas há dois meses ela relata ter dificuldade para encontrar o insumo.“Esse remédio é minha vida”.

A desempregada afirma já ter ido ao hospital e não encontrou o medicamento disponível, além de não ser atendida quando telefona para a unidade de saúde. “A gente liga lá, eles deixam a música tocando e não atendem”, reclama Delmara.

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, responsável pelo hospital , afirma que é encarregada apenas por redistribuir o medicamento para as farmácias à medida em que os lotes chegam a São Paulo. A aquisição e distribuição é feita pelo Ministério da Saúde. A pasta também justifica que segue cobrando o órgão federal para recebimento deste e de outros medicamentos em falta.

Já o Ministério da Saúde assume a falta do medicamento e informa que a demanda da Secretaria de Saúde Estadual de São Paulo programada para outubro, novembro e dezembro está sendo atendida de modo parcelado por conta de atrasos ocasionados pela falta de ingredientes farmacêuticos para a produção do medicamento. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;