Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Prefeitura exige derrubada de muro em rua atrás de feira livre


Aline Mazzo
Especial para o Diário

27/08/2005 | 07:27


A Prefeitura de Santo André informou que o muro construído na travessa das Verbenas, na Vila Alzira, é irregular. A construção bloqueia a única passagem que dá acesso a uma rua paralela à travessa, utilizada pelos moradores locais como saída de veículos às quartas-feiras, quando acontece uma feira livre na rua Coronel Seabra, que é a saída oficial da rua. O Diário publicou reportagem na última quinta-feira, relatando o drama dos moradores que ficam ilhados no dia em que ocorre a feira livre.

Segundo a Prefeitura, o muro foi embargado em 22 de julho pelo Departamento de Controle Urbano e está sendo feita a devida ação fiscal. A construção foi feita pelo dono de um desmanche, que não concordava que a saída fosse feita pelo terreno. No dia 4 de agosto, ainda segundo a Prefeitura, o dono do desmanche recebeu multa e notificação para a demolição imediata do muro. As informações obtidas pelo cadastro fiscal imobiliário de Santo André atestam que o lote particular não se sobrepõe ao córrego que fica no fim da rua, portanto, não chega até a passagem de terra, segundo dados da Prefeitura de Santo André.

Nos próximos dias, a Prefeitura diz que fiscais municipais retornarão ao local para verificar se o muro foi demolido. Caso não tenha ocorrido, o responsável pela construção será multado novamente. Os valores das multas não foram divulgados pela Prefeitura.

\r\n\r\n

PM mata ladrão em tentativa de roubo em S.Bernardo\r\n

\r\n\r\n

Leandro Calixto<br>Do Diário do Grande ABC\r\n
 \r\n
Ao reagir a uma tentativa de assalto, o policial militar Aguinaldo dos Santos, 39 anos, acabou matando um homem na manhã de sexta-feira, no bairro da Vila Cruzeiro, em São Bernardo. O crime aconteceu quando o policial deixava a sua residência para trabalhar, por volta das 5h20. Ao fechar o portão da casa, Aguinaldo disse ter sido abordado e surpreendido por duas pessoas, que tentaram roubar o seu veículo. Segundo o policial, um dos assaltantes teria feito alguns disparos.

\r\n\r\n

Porém, os tiros não atingiram o policial que, por sua vez, reagiu à tentativa de assalto e atingiu um dos ladrões com três disparos. O homem morto ainda não foi identificado pela polícia. Ele não estava com nenhum documento junto à roupa. O segundo assaltante conseguiu fugir a pé, segundo depoimento do próprio policial na delegacia.

\r\n\r\n

Para o delegado plantonista do 3ªDP (Distrito Policial) da cidade, Fabiano Barbeiro, as evidências mostram que o policial teria agido no episódio que resultou na morte de uma pessoa por legítima defesa. "Ele teve uma conduta correta na tentativa do assalto. Imediatamente, avisou a polícia e depois chamou uma ambulância para tentar socorrer o assaltante. Preliminarmente, isto mostra que ele realmente não agiu de forma irresponsável", explicou o delegado.

\r\n\r\n",1]);//-->

Os moradores reclamam do transtorno há dois meses. Dizem que neste período já fizeram várias solicitações para a derrubada do muro à Prefeitura. O dono do desmanche localizado na rua Carijós, que faz fundos com a travessa, não quis se identificar na quinta-feira e disse ter construído o muro com medo de que a área fosse invadida.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;