Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Comerciantes esperam por tempo melhor na prainha do Riacho Grande

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Trabalhadores do local sonham com a retomada do movimento antes da pandemia e pedem mais investimentos da Prefeitura de São Bernardo


Arthur Gandini
Especial para o Diário

13/11/2021 | 19:38


Comerciantes da Prainha do Riacho Grande, em São Bernardo, esperam pela retomada de uma rotina que seja similar a que era vivida antes da pandemia. Desejam ver a região movimentada e contar com muitos clientes. O acesso do público foi liberado no último dia 30 pela Prefeitura, mas ainda falta um elemento importante: um tempo mais favorável.

"Riacho Grande é sol. Se não tiver sol, esquece", afirma Lucindo da Silva, 52 anos, vigia de um dos restaurantes flutuantes e responsável também por guiar passeios de lancha.

O Diário conversou com comerciantes da região, que afirmaram que o clima pouco convidativo tem resultado em um movimento tímido na prainha desde o retorno do público. Após passar o período da crise sanitária com a sua subsistência garantida apenas pelo serviço de delivery, os trabalhadores também pedem mais estímulo da administração são-bernardense ao comércio no local.

Luis Gonçalves, 65, proprietário de restaurante, elogia a gestão da cidade pelo prefeito Orlando Morando (PSDB), mas reclama que ele não tem dado atenção ao Riacho Grande. "Ele fez muitas coisas pela cidade, mas a prainha está abandonada, ele esqueceu dela. Poderia ser um cartão turístico (para o município)", critica.

Aurelio de Oliveira, 47, proprietário de um dos restaurantes flutuantes, opina que apenas os dias de domingo tem registrado um movimento melhor. Ele diz que a população tem retornado ao local principalmente nos dias ensolarados. Analisa que os frequentadores da região já se acostumaram com as medidas sanitárias, como o uso de máscaras. "A população está mais precavida com higiene. Tínhamos bastante dificuldade com isso", relata.

Há comerciantes que mantiveram o serviço de entregas mesmo com o retorno do público. É o caso de Maria Tania, 55. "O que me salvou foi o delivery. A gente tem dó de dispensar (a opção de entregas), é um dinheiro a mais", afirma. A expectativa dela é grande para quando o sol começar a aparecer com mais intensidade. "Falta só o tempo melhorar. Quando melhorar, não vamos conseguir nem atender tanta gente", sonha.

Segundo a Climatempo, a previsão para a região até o fim do mês é de dias parcialmente nublados e com ocorrência de chuva. Há expectativa de sol entre os dias 24 e 26. O tempo volta a ficar nublado em seguida.

Sair da rotina

O Diário pediu a cinco comerciantes uma avaliação do movimento hoje, com uma nota de 0 a 10. A média entre todas as avaliações foi 4. A reportagem registrou movimento fraco. No final da tarde, algumas poucas pessoas ainda passeavam pela prainha.

O técnico em logística Leandro Oliveira, 40, veio ao local caminhar com a esposa e filhas. "É muito bom começar a voltar, terem liberado (o público). (Não gosto de ficar indo) nesses shoppings (da cidade), lugar fechado, só gasto", afirma.

Já a auxiliar administrativa Jéssica Silva, 26, veio à prainha com a irmã caminhar e almoçar em um dos restaurantes flutuantes. "É gostoso sair da rotina", conta. Ela gosta da paisagem da região, mas diz que o local "está bem sujinho".

A reportagem questionou a Prefeitura de São Bernardo sobre as críticas de comerciantes. Em nota, a administração ressaltou que "com a redução da taxa de pacientes internados de Covid-19 e no avanço da vacinação da população na cidade, autorizou no último de 30 de outubro a reabertura de todos os acessos à Prainha do Riacho Grande. A medida é mais uma iniciativa da Administração municipal para retomada das atividades econômicas da cidade, cujo objetivo é reaquecer a economia local."

A nota também informou que "desde então, a Secretaria de Serviços Urbanos iniciou programação de intervenções na Prainha do Riacho Grande para melhorias na região. Atrelado a isso, novas placas de comunicação visual também foram instaladas no local visando atender o público que frequenta o espaço".



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;