Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 23 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Novo chefe do Hospital Mário Covas mantém empresas médicas

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Adilson Cavalcante é dono de 2 firmas; regimento da FUABC impede que funcionários exerçam atividades conflitantes


Junior Carvalho

13/11/2021 | 05:11


O médico infectologista Adilson Cavalcante, indicado unilateralmente pela FUABC (Fundação do ABC) como superintendente do Hospital Mário Covas, em Santo André, é dono de duas empresas na área médica, entre elas um consultório, situação vetada pelo próprio regimento da instituição que mantém o equipamento.

Chancelado na quinta-feira pelo conselho curador da FUABC como mandatário do hospital a partir de 1º de dezembro, Cavalcante é dono da Whest Serviços Médicos Eireli e sócio da SMU Serviços Médicos de Urgência S/S, ambas localizadas na Capital. O artigo 87º do regimento interno da FUABC, do qual o médico é funcionário, proíbe que seus colaboradores exerçam “quaisquer atividades que sejam incompatíveis ou conflitantes com o exercício do cargo ou função, bem como com o horário de trabalho para o qual fora contratado”.
O Diário antecipou na quinta-feira que Adilson seria indicado pela presidente da FUABC, Adriana Berringer Stephan, para o comando do Mário Covas, em manobra que foi antecedida por mudança na surdina do regimento interno da instituição. Antes, os diretores do equipamento eram indicados pelo corpo médico do hospital e as alterações legais concentraram esse poder nas mãos de Adriana.

Atual diretor técnico do Hospital Anchieta, em São Bernardo, Adilson é ligado ao prefeito Orlando Morando (PSDB), que chegou a enviar seu secretário de Saúde, Geraldo Reple, para a eleição protocolar que avalizou a indicação de Adriana.
O Diário apurou que uma das empresas, a Whest Serviços Médicos, foi aberta em janeiro de 2018. Naquela altura, Adilson já comandava hospital em São Bernardo. A empresa, que leva as iniciais de um dos sobrenomes do médico (Westheimer) possui apenas Adilson como dono. Já a SMU conta com mais 12 sócios, segundo o cadastro da firma na Receita Federal. Ambas constam como abertas no sistema da instituição.

Questionada sobre os possíveis conflitos com o fato de o médico ser dono das firmas ao mesmo tempo em que comanda o principal equipamento estadual de saúde de Santo André e da região, a FUABC negou que a situação se enquadra no dispositivo do regimento interno. “Adilson Cavalcante é funcionário da instituição há 16 anos e durante todo esse período não há nenhuma queixa a respeito de sua conduta ou registro de conflito de interesse em relação às atividades prestadas pelo colaborador”, alegou.

A FUABC citou ainda que “a única empresa aberta em nome do médico diz respeito ao consultório particular” de Adilson, apesar de o sistema da Receita Federal acusar duas firmas abertas no nome do novo mandatário do Mário Covas. “O diretor-geral eleito para o Mário Covas declarou publicamente ao conselho de curadores que não há conflito de interesses que o impeça de assumir o cargo. O dirigente será submetido a assinatura de uma série de documentações obrigatórias exigidas pelo programa de compliance da Fundação do ABC, em conformidade com o TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) estabelecido junto ao Ministério Público. Também firmará compromisso formal de cumprimento absoluto e incondicional das normas previstas no TAC e no código de conduta ética da FUABC”, emendou a instituição, que voltou a negar ingerência política na nomeação de Adilson.  



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;