Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Banco de alimentos atende mais de 30 mil pessoas em Santo André

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ação beneficia munícipes cadastrados em 114 entidades; primeira-dama e presidente do Fundo Social, Ana Carolina concedeu entrevista ao Diário


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

11/11/2021 | 00:01


Primeira-dama de Santo André e presidente do FSS (Fundo Social de Solidariedade) Ana Carolina Barreto Serra anunciou, em entrevista para a página do Diário no Facebook, ontem, que a Prefeitura beneficiou com alimentos, kits de higiene e roupas mais de 30 mil munícipes que vivem em situação de vulnerabilidade durante a pandemia da Covid.

De acordo com Ana Carolina, a pasta conseguiu atender às pessoas por meio de 114 entidades assistenciais que impactam diretamente no cotidiano de pelo menos 16 mil moradores. Além disso, as ações da Prefeitura também contam com entregas de cestas básicas nas comunidades e outros projetos que ajudaram a alcançar os 30 mil moradores. “Muitas pessoas (na pandemia) precisaram da ajuda da solidariedade e o Fundo Social não podia fechar os olhos para elas. Então, de forma adaptada, conseguimos planejar e nos reorganizar para atender essas necessidades”, destacou a primeira-dama.

O banco de alimentos é abastecido por meio de doações de pessoas físicas e jurídicas. Para impulsionar essas contribuições, a Prefeitura posicionou, estrategicamente, caixas de papelão em diversos pontos da cidade. Além disso, o Paço incentivou que os moradores levassem alimentos aos postos de vacinação contra a Covid. No total, na somatória de todas as ações realizadas, Santo André juntou 388,4 toneladas de alimentos.

“A maior preocupação sempre foi com a saúde, não só das pessoas envolvidas no trabalho social, mas também com quem ia em busca da vacina. Então, fomos criando os pits-stops (de prevenção da doença) e o drivethru da vacinação. Uma ideia puxando a outra”, destacou Ana Carolina.

Apesar dos números expressivos até agora, a primeira-dama lembra que o banco de alimentos também sofreu com a pandemia, que atingiu diretamente o número de pessoas que costumam fazer as doações. “O banco de alimentos ainda enfrenta essa crise. Quando montamos os carrinhos das entidades assistenciais, sentimos que no passado tinha uma diversidade maior nos produtos. Entendemos que estamos na crise ainda, mas não podemos deixar o trabalho parar”, completa Ana Carolina.

NATAL

Ana Carolina ainda comentou sobre a programação de Natal para este ano. “Diferentemente do ano passado, (este ano) já conseguimos ter mais contato com as pessoas”, destacou a presidente do FSS.

Santo André já iniciou os preparativos para a segunda edição do Natal Solidário. As entidades assistenciais interessadas em comercializar alimentos, bebidas, artigos típicos, artesanatos e roupas no evento podem se inscrever para participar pelo site http://www.santoandre.sp.gov.br/siscompras/edital.aspx. O evento acontece nos dias 11 e 12 de dezembro, no estacionamento do Paço, das 12h às 21h.

A entrada será um quilo de alimento não perecível. “Vamos ter também a Carreta do Papai Noel e os pontos de doações já estão espalhados pelos comércios”, comenta Ana Carolina



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;