Fechar
Publicidade

Domingo, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Gasolina ficou 40% mais cara em relação a outubro de 2020

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


09/11/2021 | 14:59


O mês de outubro fechou com o litro da gasolina custando R$ 6,447, em média, um aumento de 40% se comparado ao mesmo período de 2020 e de 3% em relação a setembro, segundo o Índice de Preços Ticket Log (IPTL). Ao comparar o valor com o último período de baixa, registrado no mês de abril deste ano, quando a gasolina estava custando R$ 5,699 nos postos, a alta chega a 13%. Com média de R$ 5,449, o preço do etanol também não recuou, e continua 19% mais caro em relação a abril.

"Estamos chegando ao final do ano com o preço dos combustíveis pesando cada vez mais no bolso do consumidor. Com o reajuste médio de 7%, anunciado recentemente para a gasolina no repasse às refinarias, novos reflexos estão por vir nas primeiras semanas de novembro", afirma Douglas Pina, coordenadora de Mercado Urbano da Edenred Brasil, responsável pela pesquisa.

Nenhum Estado registrou redução no preço da gasolina e o que teve o maior aumento no período foi o Amapá, com o valor do litro passando de R$ 5,610 para R$ 5,970, um acréscimo de 6,42% em comparação com setembro. Já o Estado que liderou a alta no valor do etanol foi o Paraná, deixando para trás o valor de R$ 4,858 da média de setembro e chegando a R$ 5,055, um aumento de 4,6%.

O etanol mais caro do País foi comercializado no Rio Grande do Sul, a R$ 6,310, e o mais barato, em São Paulo, a R$ 4,684. Já a gasolina mais barata, por R$ 5,970, foi registrada no Amapá, e a mais cara no Piauí, por R$ 6,894.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base em abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, braço de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;