Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PSDB de Mauá afasta possibilidade de punição a Rufino

Divulgação/ CMM Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Parlamentar debandou da decisão do diretório e declarou apoio a Eduardo Leite nas prévias tucanas; parlamentar amenizou discurso


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

03/11/2021 | 00:01


Presidente do PSDB de Mauá, Márcio Canuto afastou a possibilidade de punir o vereador Eugênio Rufino (PSDB) após o parlamentar demonstrar que apoiaria o governador Eduardo Leite (PSDB, Rio Grande do Sul) nas prévias do PSDB para a escolha do presidenciável no ano que vem. O partido havia definido adesão ao projeto do governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

Conforme Canuto, não há resolução interna no partido que prevê qualquer tipo de punição caso algum integrante do partido não escolha o candidato definido pelo diretório. O líder do tucanato de Mauá declarou que durante esse tipo de disputa interna, quando os candidatos também são tucanos, não há previsão de punição, mas que o que impera é a determinação do diretório e a disciplina política de acatá-la. “Não há como punir o vereador Eugênio Rufino. Até porque a eleição (para as prévias), ainda não ocorreu. E mesmo assim, por se tratar de disputa interna do partido, quando os candidatos são do PSDB, não há como punir”, declarou Canuto, que é figura próxima do prefeito Orlando Morando (PSDB, São Bernardo), principal cabo eleitoral de Doria na região.

A situação de Rufino se complicou após o parlamentar comparecer em recente evento pró-Leite, organizado pelo prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), um dos coordenadores da campanha de Leite no Estado, quintal de Doria. O evento foi realizado exatamente para angariar apoio do tucanato da região ao governador gaúcho. Na solenidade, Rufino chegou a subir no palco, ao lado de outros tucanos do Grande ABC, afirmou que Leite “dava o primeiro passo para ser presidente do Brasil”. “O que causa certa chateação é a movimentação do vereador (Eugênio Rufino). Até dias antes do evento com Eduardo Leite, o parlamentar tinha dito que havia concordado com o apoio ao governador Doria. Mas aí, no dia do evento de Leite, o vereador aparece por lá e declara, de certa forma, apoio ao governador do Rio Grande do Sul”, questoinou Canuto, ao emendar que o parlamentar amenizou o discurso pró-Leite quando confrontado sobre a presença no ato. “Ele disse que não confirmou apoio a Eduardo Leite. Temos que esperar o dia da eleição e ver qual será o posicionamento dele. Aqui em Mauá, só Rufino que não fechou apoio a Doria”, disse.

A prévia do PSDB está prevista para ocorrer no dia 21 de novembro. Prefeitos e deputados deverão votar em Brasília. Já vereadores e militantes tucanos irão declarar apoio a um dos candidatos por meio de aplicativo.

Além de Rufino, a bancada tucana em Mauá é composta pelo vereador debutante Leonardo Alves, que também fechou apoio a Doria. Além de Mauá, os diretórios de São Bernardo e São Caetano estarão com o governador paulista, enquanto que o de Santo André trabalha para Leite. O diretório de Ribeirão Pires liberou os filiados.

Rufino não atendeu aos contatos do Diário para comentar o assunto. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;