Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

2008. Auricchio em São Caetano. Reali em Diadema. Volpi em Ribeirão Pires. O recorde de Kiko em Rio Grande da Serra

Manchete do Diário no dia seguinte à eleição de 5 de outubro de 2008: ‘Região elege quatro prefeitos’


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

01/11/2021 | 00:05


A previsão de que o continuísmo prevaleceria nas eleições municipais de 2008 foi uma verdade na região, com a vitória já no primeiro turno de quatro prefeitos, três reeleitos e um quarto apoiado pelo antecessor. 

O petista Mário Reali liquidou a fatura já no primeiro turno, com o apoio do prefeito José de Filippi Júnior e numa disputa com o ex-prefeito José Augusto da Silva Ramos. 

E, sem sustos, foram reeleitos José Auricchio Júnior em São Caetano, Clóvis Volpi em Ribeirão Pires e Kiko Teixeira em Rio Grande da Serra. 

-----

901 – José Auricchio Júnior venceu em São Caetano, com Walter Figueira Júnior de vice-prefeito, ambos do PTB. Formou-se uma coligação de 19 partidos: ‘Cidade Unida por uma São Caetano que trabalha pelo futuro’. De um total de 91.375 votos apurados, Auricchio obteve 62.136, o equivalente a 78,13% – um recorde na história das eleições municipais de São Caetano. Jayme Tortorello (PT) obteve 10.359 votos e Horácio Neto (Psol), 7.031.

902 – A Câmara Municipal de São Caetano ganhou uma cadeira a mais para a legislatura 2009-2012: passou de 11 para 12. Gilberto Costa foi o mais votado da história da cidade, com 5.883 votos. Foram eleitos, também, Paulo Pinheiro, futuro prefeito, e Fábio Palacio, protagonista na disputa para o Executivo em 2020. Nenhuma mulher eleita. A renovação do Legislativo foi de 36%.

903 – Em Diadema, Mário Reali (PT) fez dobradinha com o ex-prefeito Gilson Menezes (PSC), que saiu a vice. Reali obteve 133.035 votos (58,22), seguido por José Augusto da Silva Ramos (PSDB), com 81.090 (35,48%); Dr. Ricardo Yoshio (PMN), 13.351; e Vladão (PCB), 1.045.

904 – Também a Câmara Municipal de Diadema ganhou uma cadeira a mais, passando a 17, com uma renovação de 31%. Márcio Giudicio, o Márcio da Farmácia foi o mais votado da história da cidade, com 6.319 votos. O veterano Milton Capel reelegeu-se. E a bancada feminina foi formada por quatro vereadoras: Cida Ferreira, Marion, Irene e Regina Gonçalves.

905 – Ribeirão Pires reelegeu Clóvis Volpi (PV), com Edinaldo de Menezes (PPS) de vice, obtendo 44.034 votos (73,20%). Em segundo, Mário Nunes (PT), 8.072. Em terceiro, o ex-prefeito Valdírio Prisco (PSDB), 8.048.

906 – À Câmara Municipal de Ribeirão Pires, João Lessa foi o mais votado, com 1.578 votos, o que lhe garantiu o quarto mandato. A ex-prefeita Maria Inês foi a segunda mais votada ao Legislativo, com 1.562 votos – insuficientes para que conquistasse uma das 11 cadeiras – não atingiu o coeficiente eleitoral. Uma única mulher eleita, Diva do Posto. E um futuro prefeito reeleito vereador, Saulo Benevides.

907 – Em Rio Grande da Serra, Kiko Teixeira (PSDB) reeleito prefeito, com Helenice Arruda (PTB) de vice. Em 13.108 votos apurados, Kiko obteve 10.478 (79,94%, percentual que chegaria a 80,99% ao final da apuração). Em segundo, Carlos Augusto César, o Cafu (PT), com 2.495 votos. Em terceiro, Nilson Gonçalves (PR), 135 votos.

908 – Com seus quase 81% dos votos válidos, Kiko tirava o primeiro e segundos lugares de políticos mais experientes da região. Em São Caetano, Luiz Tortorello obtivera 78,2% em 2000; em São Bernardo, William Dib alcançara 76,37% em 2004. E neste mesmo pleito de 2008, Auricchio era reeleito com 78,13% dos votos válidos em São Caetano.

909 – A Câmara Municipal de Rio Grande da Serra sofreu a maior renovação entre legislativos das sete cidades: 66,6%. Somente três dos nove vereadores foram reeleitos: Claudinho da Geladeira (futuro prefeito), Cleson Filho do Piauí e Waldemar Perillo. O mais votado foi Clodoaldo, com 869 votos. A professora Marilza foi a única mulher eleita.

910 – Eleições definidas em quatro cidades. E o Grande ABC se preparava para o segundo turno nas outras três. Santo André e São Bernardo teriam prefeitos novos. E Mauá votaria pelo retorno de um professor.

Em 1º de novembro de...

1901 – Da Agência Navas. Nova York, 29. Foi executado esta madrugada, pela eletricidade, o anarquista Leon Czolgosz, assassino do presidente americano Mac-Kinley. Assistiram à execução poucas pessoas.

1916 – José Maria de Figueiredo publica anúncio nos jornais de São Paulo informando que toda correspondência a ele endereçada deveria ser enviada para a Estação de Rio Grande (São Paulo Railway), hoje Rio Grande da Serra, onde tinha sua residência.

Diário há meio século

Domingo, 31 de outubro de 1971 – ano 13, edição 1679

Cinema de rua. Em cartaz no Cine Tangará, em Santo André: Deu a Louca no Mundo, produção de Stanlay Krammer, estrelando Spencer Tracy. E a partir da sexta-feira (5 de novembro de 1971), O Enterro da Cafetina, com Jece Valadão.

Santos do dia

- Esta é uma data dedicada à celebração e homenagem de todos os santos e mártires das igrejas cristãs. O Dia de Todos os Santos é reconhecido pelos católicos, ortodoxos, anglicanos e luteranos.

Municípios brasileiros

- No Estado de São Paulo, hoje é o aniversário de Itatiba (1857) e Taciba (1954).

- No Paraná, aniversaria Piên (1961).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;