Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Bolsonaro volta a criticar CPI e diz que Defesa 'não é lugar de civil'



27/10/2021 | 20:42


No dia em que os senadores da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) apresentaram à procuradoria-geral da República o relatório final, o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar o colegiado.

"A CPI atrapalha a imagem do nosso Brasil, prejudica nossos negócios. Pessoal de fora fica pensando que esse País é sem lei, que tem presidente genocida", disse Bolsonaro nesta terça-feira em entrevista à TV A Crítica, do Amazonas.

De acordo com o presidente, a CPI torturou as pessoas e, hoje, "só não está vacinado quem não quer". Bolsonaro diz não ter sido vacinado e que nem deseja fazê-lo. Sem ser contestado pelo entrevistador, o chefe do Executivo ainda voltou a defender o chamado "kit covid" para combater o novo coronavírus, medicamentos comprovadamente ineficazes contra a doença.

DEFESA

Bolsonaro afirmou na mesma entrevista que o Ministério da Defesa não é lugar de civil. O atual titular da pasta é Walter Braga Netto, general do Exército.

O ex-presidente Michel Temer rompeu uma tradição de indicar civis para a Defesa e colocou no ministério o general Joaquim Silva e Luna, hoje na presidência da Petrobras. Bolsonaro, por sua vez, sempre indicou militares: antes de Braga Netto, a pasta estava nas mãos de Fernando Azevedo e Silva, general demitido por discordar da interferência política do Palácio do Planalto nas Forças Armadas.

Bolsonaro ainda repetiu que Santa Catarina é o Estado mais seguro do Brasil por ser o mais armado, sem considerar que especialistas em segurança pública discordam da ideia de armar a população.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;