Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Bolsas da Europa fecham em baixa, com foco na temporada de balanços



27/10/2021 | 13:48


As bolsas europeias fecharam em baixa nesta quarta-feira, 27, em meio a balanços trimestrais mistos de companhias locais, além do apetite por risco menos acentuado em Nova York, após os dois principais índices acionários de Wall Street renovarem recordes recentemente. Neste ambiente, o índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em baixa de 0,36%, aos 474,04 pontos.

Entre as companhias que divulgaram resultados nesta quarta, o Banco Santander viu sua ação cair 2,85% ao fim do pregão, na maior baixa do índice madrilenho IBEX 35, que teve queda de 0,33%, aos 8.972,30 pontos. A Iberdrola, por outro lado, avançou 1,66% e reduziu as perdas do índice.

Na Alemanha, o Deutsche Bank despencou 6,92%. O DAX, da Bolsa de Frankfurt, teve baixa de 0,33%, aos 15.705,81 pontos.

Ainda sobre a principal economia do continente, o instituto GSK projetou que o índice de confiança do consumidor alemão subirá a 0,9 em novembro, contrariando a estimativa de analistas, que preveem queda a -0,3. O governo da Alemanha nesta quarta reduziu sua previsão para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2021 para 2,6%, mas elevou a estimativa para o próximo ano para 4,1%.

O governo do Reino Unido também divulgou novas projeções para o PIB local, segundo anunciou o ministro das Finanças, Rishi Sunak. Agora, é prevista alta de 6,5% em 2021, ante a alta de 4% prevista anteriormente, e de 6% em 2022, abaixo dos 7,3% previstos antes.

Em Londres, o índice FTSE 100 também recuou 0,33%, aos 7.253,27 pontos, pressionado pela queda de mineradoras como Anglo American (-1,99%) e Glencore (-2,65%), em meio à queda recente na produção global de aço.

Na bolsa de Paris, a ação da Wordline foi o destaque negativo, após forte queda de 15,93%, com investidores preocupados com a perspectiva de crescimento da companhia depois de um resultado trimestral desanimador, de acordo com a Reuters. O índice parisiense CAC 40 recuou 0,19%, aos 6.753,52 pontos.

Em Milão, o setor financeiro liderou as baixas, com a Fintech Nexi caindo 6,64%, enquanto o Banco BPM teve baixa de 1,77%, contribuindo para a perda de 0,61% do índice FTSE MIB, aos 26.806,19 pontos.

Por fim, o PSI 20, de Lisboa, seguiu a tendência geral e recuou 0,40%, aos 5.691,16 pontos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;