Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Correção: Maioria das Bolsas da Europa fecha em alta, com foco em balanços



26/10/2021 | 13:58


A nota publicada anteriormente continha incorreção na cotação do índice IBEX 35, da Bolsa de Madri. A cotação correta é alta de 0,90%, a 9.001,60 pontos, e não ganho de 0,98%, a 9.008,50 pontos, como constou. Segue abaixo a versão correta do texto:

As bolsas da Europa fecharam majoritariamente em alta nesta terça-feira, impulsionadas por balanços de empresas considerados positivos pelo mercado. A exceção foi Lisboa, que recuou. Em geral, os índices acionários do Velho Continente também foram apoiados pela abertura em Nova York, com o Dow Jones e o S&P 500 em níveis recordes. Nesse cenário, o índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou o pregão com ganho de 0,75%, a 475,74 pontos.

"Mais uma vez, foram atualizações comerciais melhores do que o esperado de empresas que ajudaram a impulsionar os movimentos no mercado acionário europeu", afirma o analista-chefe de mercados da CMC Markets, Michael Hewson.

O profissional da consultoria britânica ressalta que o FTSE 100, da Bolsa de Londres, atingiu nesta terça o maior nível em 20 meses, após um começo de semana "bastante fraco" para os ativos europeus na segunda-feira. O índice registrou avanço de 0,76% nesta terça, a 7.277,62 pontos. Os papéis das companhias Whitbread e Reckitt Benckiser, que divulgaram resultados do terceiro trimestre nesta terça, subiram 4,41% e 6,27%, respectivamente.

As ações do UBS, por sua vez, avançaram 1,07% na Bolsa de Zurique, após a divulgação do balanço do banco, que teve lucro líquido de US$ 2,28 bilhões no terceiro trimestre de 2021, 9% maior do que o ganho obtido em igual período do ano passado.

As bolsas europeias ganharam ainda mais força com a abertura do mercado norte-americano. Os índices acionários de NY também têm reagido de forma positiva à temporada de balanços. Depois de terem atingido o recorde de fechamento na segunda-feira, S&P 500 e Dow Jones renovaram as máximas históricas intraday nesta terça, mais uma vez. Uma melhora no sentimento do consumidor americano também deu suporte à busca por risco nos mercados globais.

Na Bolsa de Frankfurt, o índice DAX fechou com ganho de 1,01%, aos 15.757,06 pontos.

Em Paris, o índice CAC 40 avançou 0,80%, a 6.766,51 pontos.

Em Milão, o índice FTSE MIB fechou em alta de 0,58%, aos 26.970,95 pontos.

Na Bolsa de Madri, o índice IBEX 35 avançou 0,90%, a 9.001,60 pontos.

E, em Lisboa, na contramão do resto do mercado acionário europeu, o índice PSI 20 recuou 0,39%, a 5.714,00 pontos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;