Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

De olho na retomada do turismo, municípios capricham na maquiagem


Wilson Marini
Da APJ

25/10/2021 | 15:08


A toque de caixa, pelo menos 15 cidades paulistas preparam inaugurações ainda este ano de obras e melhorias de infraestrutura de turismo. O objetivo é se preparar para a volta das atividades no setor. Pesquisas indicam que, devido a pandemia, uma parte dos turistas prefere viajar de automóvel a curta distância. São estas as novidades previstas até dezembro:
? Em Brotas, será entregue a requalificação do Parque dos Saltos e o Centro de Arte e Artesanato, no valor de R$ 1 milhão.
? Em Socorro, a revitalização do Caminho Turístico do Rio do Peixe, também de R$ 1 milhão.
? Águas de Lindóia entregará a reforma do balneário municipal, recuperação de áreas de Balneoterapia, reforma e revitalização do Calçadão na Rua São Paulo, restruturação de áreas turísticas e construção de praça, playgrounds, pavimentação e recapeamento de vias turísticas, no valor de R$ 5 milhões no total.
? Em Mongaguá, na Baixada Santista, será entregue a valorização turística da Orla da Praia, no trecho Praça Dudu Samba.
? Na região de Franca, Batatais tem previsão de duas entregas: o Parque Linear ao longo do Córrego das Araras e a revitalização da Avenida 14 de Março, uma das principais da cidade, que consumiram R$ 4 milhões.
? Em Nuporanga, a entrega da reforma e adequação no Estádio Municipal “José Martins de Barros Júnior”, na quantia de R$ 1 milhão.
? Na região de São José do Rio Preto, Riolândia entregará a revitalização da praia municipal e valorização turística, no valor de R$ 856 mil.
? Em Mira Estrela, às margens do Rio Grande, a melhoria nas instalações elétricas da Praia Fluvial, R$ 140 mil.
? Na região de Sorocaba, o município de Laranjal Paulista inaugurará a revitalização do chafariz do Largo São João, a requalificação de praça pública e construção do Parque Pedro Zanella, no total de R$ 388 mil.
? Avaré terá a revitalização do Camping Municipal, que consumiu R$ 1 milhão.
? Em São Luiz do Paraitinga, região de São José dos Campos, será entregue a reurbanização do Alto do Cruzeiro, no valor de R$ 1 milhão.
? Em Timburi, na região de Marília, por R$ 395 mil, a revitalização de passeios públicos em praças e vias de acesso.
? Em Garça, os sanitários no Parque Público do Lago Artificial Prof. J. K. Williams, por R$ 175 mil.
? Em Apiaí acontecerá a entrega da Praça do Rastro da Serpente e a loja de artesanato municipal, na quantia de R$ 166 mil.
? Em São Simão, região de Ribeirão Preto, a revitalização da Praça da República, por R$ 786 mil.

Negócios no atacado
O grupo Savegnago confirmou acordo para adquirir 14 lojas do Paulistão, do grupo Peralta, localizadas no Interior Paulista. O grupo Peralta deve repassar para o Savegnago metade de sua rede. As unidades adquiridas ficam nas cidades de Campinas, Sumaré, Hortolândia, Nova Odessa, Paulínia, Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Limeira e Rio Claro. A nova rede promete investir R$ 100 milhões na adequação das unidades adquiridas. O grupo Peralta, por sua vez, ficará com o Shopping Passeio de São Carlos.

Atacarejo
“Com mais de 45 anos de experiência no setor supermercadista, com esta aquisição a rede Savegnago expandirá o seu core business em novas cidades e se fortalecerá em regiões onde já opera, alinhado com o objetivo estratégico de buscar liderança de mercado nas praças nas quais atua”, disse o Savegnago em nota. A rede ainda afirmou que os grupos se comprometeram a transformar duas lojas, em Rio Claro e Campinas, em operações de atacarejo. Também espera gerar 2.500 novos empregos.

Expansão
Reforçando a sua presença no Estado de São Paulo, o Assaí Atacadista inaugurou esta semana a quinta unidade da empresa na cidade de Santo André, que corresponde à 11ª loja na região do Grande ABC. Batizada de Assaí Pereira Barreto, a unidade teve um investimento de R$ 82 milhões e conta com mais de 19 mil m² de área construída.

Pequenos negócios
Estudo realizado pelo Sebrae, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), detectou que os pequenos negócios do setor de confecção de artigos de vestuário e acessórios são os que mais tem potencial para internacionalizar seus produtos. De acordo com o relatório, empresas desse segmento podem ampliar o seu mercado para dez países interessados em adquirir peças produzidas no Brasil.

Frase
“O potencial exportador para esses países pode ser explicado por aspectos como distância geográfica, posição de mercado dos produtos brasileiros e ambiente de negócios facilitado por acordos comerciais”, diz o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Conjuntura
? O varejo paulistano registrou alta de 33,8% na primeira quinzena de outubro na comparação com o mesmo período de setembro, segundo a Associação Comercial de São Paulo.
? Pesquisa sobre intenção de compra no país, feita pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Consumo (Ibevar), mostra que o varejo deverá ter alta de 0,68% no quarto trimestre (outubro, novembro e dezembro) de 2021, em comparação com igual período de 2020. Em relação ao trimestre anterior (julho, agosto e setembro), o aumento deverá ser de 0,52%.
 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;