Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Thiago Camilo leva a melhor na segunda prova da Stock Car em Mogi Guaçu



24/10/2021 | 16:15


Em dia marcado por cautela, até da chuva que prometeu e não veio, as estratégias foram as grandes protagonistas da 10ª etapa da Stock Car, em Mogi Guaçu (SP). Com bons planos e certa tranquilidade, Guilherme Salas e Thiago Camilo saíram vitoriosos do Autódromo Velocitta.

A segunda corrida do dia, marcada por 2 entradas de Safety Car após toques, Thiago Camilo levou a melhor em cima de Gabriel Casagrande, que era líder da prova após finalizar em 10º a corrida 1 e largar na frente na corrida 2, ao conseguir a ultrapassagem na parada para os boxes. Allam Khodair fechou o pódio da segunda prova.

Além de não conseguir a vitória na antepenúltima etapa da temporada, Casagrande viu sua vantagem de 16 pontos para Daniel Serra na liderança do campeonato cair três pontos ao final da etapa. O líder da temporada 2021 conquistou 31 pontos ao fechar as provas em 10º e 2º, enquanto Daniel Serra somou 34 ao chegar em 5º e 4º nas corridas.

A largada da segunda prova trouxe mais emoções que a da primeira. Após a inversão dos 10 primeiros colocados da corrida 1, o atual líder da Stock Car Pro Series 2021, Gabriel Casagrande, largou em primeiro, na tentativa de abrir vantagem no campeonato.

Na saída, Casagrande conseguiu manter a ponta, mas viu Gaetano Di Mauro fazer ótima saída e pular para a segunda posição, pressionando por algum tempo o líder. Mas nada se comparou com a disputa por César Ramos, Pedro Cardoso e Átila Abreu, mais o fundo da largada.

Os pilotos colocaram os carros lado a lado em busca de uma melhor posição, e inevitavelmente os toques acabaram acontecendo, provocando um acidente que tirou os três da corrida. O prejuízo da briga acabou ficando com Ricardo Maurício, quarto do campeonato, que foi atingido sem estar na disputa e também teve que abandonar a prova.

Com os carros parados na pista, o Safety Car entrou em ação. Após duas voltas e todos terem sidos retirados do circuito, a relargada foi dada, e dessa vez quem se deu melhor foi Thiago Camilo que ultrapassou Di Mauro e assumiu a vice-liderança na prova.

Thiago Camilo até tentou incomodar Casagrande na velocidade, mas o carro do líder parecia responder melhor, e abriu certa vantagem na frente. Isso até o carro de Bruno Baptista quebrar sozinho e o Safety Car entrar na pista mais uma vez.

Com o encurtamento das vantagens, e nova relargada, os carros começaram a fazer a parada obrigatória nos boxes. Se não tinha sido na pista, foi nesta estratégia que Thiago Camilo conseguiu tomar a liderança.

Camilo parou antes de Casagrande e conseguiu fazer parada mais rápida que o líder do campeonato, tomando a ponta da prova. A partir daí, o piloto não perdeu mais o primeiro lugar e ganhou sua terceira corrida no Autódromo Velocitta. Agora ele é o maior vencedor do circuito.

Quando Casagrande caiu para a segunda posição, Daniel Serra, que estava em terceiro, até tentou ultrapassar o adversário pelo título, mas acabou sendo ultrapassado por Allam Khodair e fechou a segunda prova do dia em 4º, não conseguindo encurtar ainda mais a diferença no ranking da temporada.

Confira a classificação da corrida 2 da 10ª etapa da Stock Car 2021

1º - Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), 18 voltas em 36min34s

2º - Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 1.476

3º - Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze) a 1.842

4º - Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze) a 2.334

5º - Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze) a 2.859

6º - Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla) a 3.087

7º - Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze) a 3.634

8º - Gaetano di Mauro (KTF Racing/Cruze) a 5.777

9º - Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla) a 8.018

10º - Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze) a 9.205

11º - Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze) a 9.771

12º - Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze) a 10.149

13º - Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze) a 10.830

14º - Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla) a 12.322

15º - Galid Osman (Shell V-Power/Cruze) a 13.200

16º - Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla) a 15.082

17º - Guga Lima (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 16.064

18º - Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze) a 18.701

19º - Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla) a 19.143

20º - Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze) a 19.669

21º - Pedro Cardoso (KTF Racing/Cruze) a 27.550

22º - Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 1 Volta

Não completaram

Beto Monteiro (Crown Racing/Cruze)

Gustavo Frigotto (RKL Competições/Cruze)

Christian Hahn (Blau Motorsport II/Cruze)

Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze)

Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla)

Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze)

Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla)

Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze)

Danilo Dirani (Scuderia CJ/Corolla)



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;