Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Cachorrão e Tigre iguais na
primeira partida das quartas

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Com um a menos, EC São Bernardo segura o São Bernardo FC; definição fica para quarta-feira


Francisco Lacerda
Do Diário do Grande ABC

24/10/2021 | 15:40


EC São Bernardo e São Bernardo FC ficaram no empate (0 a 0) ontem na partida de ida pelas quartas de final da Copa Paulista, no Estádio 1º de Maio. Mandante, o Cachorrão optou por não liberar a presença de público. Estavam autorizados 50% dos 11 mil lugares da capacidade. O elevado custo dos protocolos de segurança no combate à pandemia foi a alegação. Com o resultado, a definição de quem vai à semifinal fica para a volta, quarta-feira, às 19h, de novo no 1º de Maio. Para avançar, tanto Cachorrão quanto Tigre precisam vencer. Caso haja nova igualdade, o classificado sairá após penalidades.


Em jogo aberto, Cachorrão e Tigre fizeram bom primeiro tempo. Apesar de pegado no meio, com as duas equipes optando por dois volantes, o facilitava o desarme das jogadas, o Cachorrão foi ligeiramente melhor, tinha mais posse de bola e levava mais perigo nos poucos ataques. Chuck e Bosco eram a referência. Já o Tigre tinha mais facilidade pelo alto e abusava das bolas aéreas. Ganhava quase todas, mas sem efetividade. Vitinho e João Carlos, artilheiro do torneio, comandavam as ações. E as melhores chances foram do Cachorrão. Aos 14, Bosco ganhou dividida com o goleiro e rolou para trás. Judson entrava livre, com o gol escancarado, mas bateu para fora. Aos 37, o próprio Bosco, o mais perigoso do Cachorrão, recebeu em velocidade e saiu na cara do gol, mas acertou a trave ao tentar tirar do goleiro. Empate justo.


A segunda etapa começou com o Cachorrão nervoso. E logo aos quatro minutos Douglas foi expulso após jogada violenta, o que mudou o cenário. O Tigre passou a tomar tomou conta da partida e, com um a menos, o Cachorrão se defendia como podia. E fez isso bem. O técnico Márcio Zanardi, do São Bernardo FC, até promoveu a entrada de Erick Bessa para explorar a velocidade do atacante e os espaços deixados pelo adversário, que apostava em Valdívia para segurar a bola. Assim o Tigre empurrava o Cachorrão, mas pecava na insistência das bolas aéreas. E foi assim até o fim. Bom para o EC São Bernardo. Já o Tigre lamenta a oportunidade de largar na frente nas quartas.  



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;