Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Tecnologia leva mais eficiência a restaurantes



24/10/2021 | 07:40


Ter o próprio negócio é o sonho de muitos profissionais do setor de alimentação, que vai bem além de fogão, balcão e serviço. Restaurantes, bares e cafés precisam lidar com gestão financeira, RH e um complexo controle de fornecedores, estoque e delivery. Com tanta coisa, é comum o negócio perder dinheiro com problemas como desperdício de matéria-prima. O segmento de food service, porém, viu surgir recentemente plataformas, apps e sistemas que visam gerar mais eficiência.

A 3S Checkout, da E-Deploy, é uma das iniciativas, com um sistema que gerencia atendimento, operação, menu e cardápio, gera relatórios, dashboards e inventários e ainda é um hub de delivery, que integra o restaurante aos canais de entrega. "Sem um sistema para os desafios do dia a dia, é difícil alcançar a lucratividade", afirma Gustavo Penz, diretor de operações da rede de franquias GoCoffee.

Penz diz ainda que a plataforma automatizou processos e enxugou a folha salarial, permitindo o investimento em funcionários mais qualificados.

Para Natasha Paoli, gerente geral do Cuia Café, da chef Bel Coelho, "ter um sistema que integra e uma equipe para cada setor é o melhor jeito de conseguir administrar".

A empresa contratou o sistema da Altec. O "cardápio" inclui comanda eletrônica, cardápio digital, integração de apps de delivery, gestão de estoque e assessoria financeira.

"Temos dois sistemas no restaurante", conta a gerente, explicando que um é para etiquetação e controle de estoque e o outro, da Altec, para controle financeiro e fluxo de caixa.

"Ter tudo em um só lugar faz a gestão mais simples. E não fica nenhuma brecha para achismo. Temos os números reais de cada função."

O empresário Paulo Bitelman, sócio do Le Jazz Brasserie, concorda que a tecnologia tem melhorado a gestão. O grupo contratou o sistema da Umanni App, que centraliza as informações dos funcionários, metas e avaliações de desempenho.

Para digitalizar os processos operacionais, a opção foi o sistema Everest, da Acom. "Ele nos permite r um controle muito preciso tanto do CMV (custo de mercadoria vendida) teórico como do real, e auxilia na sincronia de informações entre o estoque e a área de suprimentos." Ele conta que o desperdício caiu 15% e o CMV, 8%.

Para o sócio-fundador da rede Pizza Prime, Gabriel Concon, os resultados positivos na gestão são inúmeros. A marca usa o sistema da Saipos, que auxilia no controle de estoque (um aviso é emitido quando os produtos chegam a determinado limite), compras, fluxo de caixa e integração com aplicativos de delivery do mercado, enviando os pedidos diretamente para a cozinha. "A tecnologia é uma realidade e muito boa, não vemos um futuro sem isso."

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;