Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Voto em Brasília gera briga em S.Bernardo


Raphael Rocha

23/10/2021 | 00:00


Mais uma votação controversa do deputado federal Alex Manente (Cidadania) gerou discussão no meio político de São Bernardo. Alex chegou a declarar que era contra a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que alterava o Conselho Nacional do Ministério Público – o tema causou intensa controvérsia, já que era considerado por alguns enfraquecimento do poder de investigação da instituição. Na hora do voto, foi a favor. A Câmara, como um todo, rejeitou a PEC. Mas o voto de Alex foi alvo de críticas de seus adversários. O vereador Julinho Fuzari (DEM) questionou Alex. “Pior é constatar que o deputado federal de São Bernardo votou sim para essa proposta, isso porque declara combater a corrupção, e publicou em suas redes sociais que iria votar não. Por que mudou de ideia em menos de uma semana?”, escreveu. Glauco Braido (PSD), também parlamentar e que já trocou alfinetadas nas redes sociais com Alex, foi outro a criticar. “É Manente, cada dia mais a gente percebe sua volatilidade.”

BASTIDORES

Indigesto – 1
A rejeição do título de cidadão benemérito ao humorista e apresentador Danilo Gentili ainda rende comentários na Câmara de Santo André. Isso porque o vereador Márcio Colombo (PSDB), autor da proposta, não digeriu bem a decisão da casa. Pouco depois da votação, teria disparado xingamentos aos colegas que votaram contra a homenagem. Alguns parlamentares comentaram informalmente que poderiam acionar a mesa diretora para instalação de uma comissão de avaliação da conduta do tucano.

Indigesto – 2
Colombo estava crente que iria conseguir emplacar a concessão do título a Gentili, que é nascido em Santo André, mas tem atuação de confronto com a classe política nacional. Não era praxe da Câmara reprovar homenagens desse tipo. Tanto que a assessoria do tucano havia pedido datas junto à direção do Teatro Municipal para entrega da honraria.

Sancionado – 1
O prefeito interino de São Caetano, Tite Campanella (Cidadania), já tornou lei o projeto de sua autoria que faculta a concessão do vale uniforme para os alunos da rede municipal. A Câmara correu para votar e aprovar o texto. E, na edição de ontem, o chefe em exercício do Executivo sancionou a proposta.

Sancionado – 2
O governo interino divulgou nota para garantir que, para o próximo ano, a concessão do benefício está garantida – serão empenhados R$ 5,5 milhões para distribuição de vestimenta aos 22 mil alunos da rede de São Caetano. “O projeto de lei apenas servirá para o gestor público ter mais liberdade de manejo orçamentário em casos extremos, como ocorreu na pandemia.”

Saída
Secretária-geral da Câmara de São Bernardo na gestão de Ramon Ramos (PDT, morto em 2019) como presidente, Erika Lucy de Souza foi exonerada do cargo de gestora da Secretaria de Saúde em Rio Grande da Serra.

Defesa
A deputada estadual Erica Malunguinho (Psol) esteve nesta semana na sede do projeto Meninos e Meninas de Rua, em São Bernardo, que corre risco de ficar sem local físico de atuação depois que a Prefeitura notificou a entidade sobre o uso do imóvel. Erica avisou que fará intervenções junto às instâncias municipais e estaduais para que seja provada a relevância de ações civis pelo desenvolvimento social e equidade. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;