Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA pressionam por ação da ONU contra Irã


Da AFP

08/08/2005 | 11:21


Os Estados Unidos consideram "lamentáveis" as informações sobre o reinício das atividades nucleares do Irã e esperam que a ONU delibere sobre o assunto.

Um funcionário do Departamento de Estado, que pediu para não ser identificado, fez seus comentários após o vice-presidente da Agência de Energia Atômica iraniana, Mohammad Saidi, anunciar a retomada da conversão de urânio.

"Se, de fato, tiverem decidido reiniciar a conversão de urânio, seria algo lamentável", disse a fonte, acrescentando que esperava uma reunião da direção da AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) esta semana para tomar as medidas apropriadas.

"Dissemos todo o tempo que se o Irã retomasse o enriquecimento de urânio em Ispahan, ou em qualquer outra parte, uma resposta apropriada seria encaminhar o caso às Nações Unidas", finalizou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA pressionam por ação da ONU contra Irã

Da AFP

08/08/2005 | 11:21


Os Estados Unidos consideram "lamentáveis" as informações sobre o reinício das atividades nucleares do Irã e esperam que a ONU delibere sobre o assunto.

Um funcionário do Departamento de Estado, que pediu para não ser identificado, fez seus comentários após o vice-presidente da Agência de Energia Atômica iraniana, Mohammad Saidi, anunciar a retomada da conversão de urânio.

"Se, de fato, tiverem decidido reiniciar a conversão de urânio, seria algo lamentável", disse a fonte, acrescentando que esperava uma reunião da direção da AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) esta semana para tomar as medidas apropriadas.

"Dissemos todo o tempo que se o Irã retomasse o enriquecimento de urânio em Ispahan, ou em qualquer outra parte, uma resposta apropriada seria encaminhar o caso às Nações Unidas", finalizou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;