Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André é só preocupação antes das decisões com o Avaí


Anderson Rodrigues
Enviado a Recife

26/09/2005 | 08:23


Preocupação é a palavra que resume bem o sentimento do Santo André. O time voltou neste domingo do Recife onde perdeu a segunda partida do quadrangular da Série B do Brasileiro. Grêmio e Santa Cruz venceram o Ramalhão, que permanece sem ponto na classificação – liderada pelos gaúchos e pernambucanos, com seis pontos cada. Mas isso não significa que o time jogou a toalha. O futuro na competição será definido diante do Avaí, equipe que enfrentará nas duas próximas rodadas.

"O Avaí também está desesperado, sem ponto como nós. Se conseguirmos um resultado positivo lá em Florianópolis (sábado), decidiremos a vaga em casa contra o próprio Avaí e o Santa Cruz", vislumbra o goleiro Júlio César.

A derrota no Arruda para o Santa Cruz (3 a 0), no sábado, não foi encarada como uma surpresa pelos jogadores, comissão técnica e diretoria. "É um resultado aceitável. O Santa Cruz foi o melhor time da fase de classificação e jogou em casa, com o apoio de sua torcida. O problema foi a derrota no Bruno Daniel para o Grêmio", disse o goleiro.

Para ele, o Avaí será o ponto de desequilíbrio no torneio. "Quem perder pontos para eles, está praticamente fora", afirmou Júlio César, que completou: "Com certeza o Avaí deve estar pensando o mesmo de nós. Também não estamos bem". Por isso, a partida em Florianópolis é encarada como decisiva por todos no Ramalhão. "Não pensamos em outro resultado senão a vitória", revelou o técnico Sérgio Soares, que está garantido no cargo. "A gente nunca sabe o futuro, mas não me disseram nada até agora. Aparentemente, a situação é tranqüila", afirmou neste domingo, na saída do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

Time da virada – O Ramalhão reverteu todos os resultados na campanha vitoriosa da Copa do Brasil no ano passado. É com esse pensamento que o time segue com esperanças na Segundona. "O Santo André esteve morto para muitas equipes, mas sempre viramos o jogo. Espero que isso se repita", afirma Júlio César.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;