Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Festa Italiana tem 1.000 voluntários dedicados


Elaine Granconato
Do Diário do Grande ABC

08/08/2011 | 07:00


Eles são incansáveis, praticamente imbatíveis. Menos de 24 horas depois da abertura da Festa Italiana de São Caetano anteontem, já estavam ali novamente, ontem à tarde, a postos, e prontos para mais uma noite de trabalho totalmente voluntário. A remuneração é simplesmente o prazer em servir ao próximo.

Cerca de 1.000 voluntários trabalham no maior evento gastronômico da cidade, que virou tradição nos 19 anos de edição. A festa só começa às 18h, mas eles chegam antes, bem antes, para colocar a casa, literalmente, em ordem.

Na primeira noite, segundo o capitão Robinson Castropil, do 6º Batalhão da Polícia Militar, circularam pelo espaço cerca de 15 mil visitantes. "A gente cansa de verdade, mas é muito bom e prazeroso", afirmou Marina Maia Pregnaca, presidente do Lions Clube São Caetano-Santa Paula, que ontem contabilizava o caixa. Na noite de estreia foram cerca de 500 sanduíches vendidos, entre pernil defumado e linguiça artesanal, diferente da tradicional calabresa e especialmente feita por morador da cidade para a festa.

Com apenas 13 pessoas na barraca, João Pedro Pedullo trabalhou desde a instalação da barraca e dos detalhes da decoração, durante a semana, até colocar a mão na massa propriamente dita. Ele é o chapeiro dos lanches carros-chefes do Santa Paula. "Nós precisamos de mais voluntários. Aqueles que se interessarem podem nos procurar", recomendou Pedullo.

A rotina se repete nas demais entidades. Antes da chegada do público, a limpeza é geral. De um lado, mammas no preparo dos molhos e das massas. Do outro, a colocação das mesas, toalhas e vasos que dão o detalhe especial nos espaços gastronômicos da Fundação dos Rotarianos e da Casa da Amizade.

Na SAB (Sociedade Amigos do Bairro) da Fundação, a entidade que idealizou a festa 19 anos atrás, as simpáticas mammas preparavam a polenta e o frango. Ao fundo, passagem de som do grupo Eric Sanches, principal atração da noite com as imbatíveis canções italianas.

No total, são 22 barracas distribuídas, harmoniosamente, pela Praça Comendador Ermelino Matarazzo e pelas ruas 20 de Julho e Mariano Pamplona, no bairro Fundação. Às 18h, pontualmente, estava tudo organizado e pronto para mais uma noite de alegria, música, comida e vinho.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;