Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Clínica de S.Bernardo testa medicação contra a Covid

André Henriques/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ensaios clínicos com antivirais foram aprovados pela Anvisa; moradores podem ser voluntários


Da Redação
Do Diário do Grande ABC

21/10/2021 | 00:02


As farmacêuticas Pfizer e Roche iniciaram testes no Brasil de medicações que têm o objetivo de controlar a infecção pelo coronavírus no estágio inicial. Um dos centros de pesquisa selecionados para realizar os estudos é o Cemec (Centro Multidisciplinar de Estudos Clínicos), de São Bernardo, que está com inscrições abertas para moradores da região dispostos a participar dos projetos. O tratamento é feito em casa pelo próprio voluntário, por meio de ingestão de cápsulas. O paciente terá acompanhamento gratuito de médicos infectologistas da unidade.

Os testes foram aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Conep (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa) e pelos CEPs (Comitês de Ética em Pesquisa). O processo também acontece simultaneamente em outros centros de pesquisa espalhados pelo Brasil e outros países (incluindo Estados Unidos). Não há prazos para que os resultados sejam disponibilizados.

Apesar de ocorrer ao mesmo tempo, os estudos da Pfizer e da Roche têm propostas diferentes. No caso da norte-americana Pfizer, o medicamento é antiviral e tem como objetivo impedir a replicação do vírus. Ele será administrado junto a outro medicamento (ritonavir), fármaco aprovado para tratamento de infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), que terá função apenas de potencializar a ação do medicamento em estudo, ou seja, não terá ação na carga viral contra Covid. Já o remédio da suíça Roche também tem proposta antiviral, mas será administrado sem a intervenção de outra medicação no tratamento.

Podem participar do estudo pessoas com 18 anos ou mais, com sintomas inicias da Covid, tais como tosse, febre e falta de ar, e tenham feito o teste RT-PCR ou de antígeno com resultado positivo em até cinco dias. Os interessados devem preencher o cadastro no cemecpesquisaclinica.com.br/covid-19-ambulatorial ou entrar em contato pelo telefone 94893-0476.

Grande ABC tem mais quatro óbitos e 195 casos de coronavírus

O Grande ABC acumulou ontem mais quatro mortes de Covid, sendo duas em Diadema, uma em Santo André e uma em São Bernardo. Com isso, desde o início da pandemia são 10.325 óbitos.

Em relação aos casos, foram registrados mais 195 casos, sendo 72 em Mauá, 67 em São Bernardo, 32 em Santo André, 13 em Diadema, oito em São Caetano e três em Ribeirão Pires. No acumulado são 10.325 diagnósticos positivos, sendo que, destes, 247.338 pessoas tiveram a doença e estão recuperadas.

Ontem foram aplicadas 18.447 vacinas contra a Covid na região, sendo 902 referentes à primeira dose, 10.460 à segunda e 7.085 reforços. Com isso, levando em consideração apenas moradores do Grande ABC com 12 anos ou mais, 96,4% já iniciaram o esquema vacinal e 76,4% receberam as duas doses dos imunizantes ou a vacina da Janssen, que é de dose única.

No Estado, entre terça-feira e ontem foram 1.748 casos e 87 mortes. Com isso, o total é de 4.393.050 infectados e 151.297 óbitos. No Brasil, em 24 horas foram 15.609 contaminados e 373 perdas, com 21.680.488 e 604.228 no total, respectivamente.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;