Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Consórcio de veículos de imprensa completa 500 dias de trabalho colaborativo



20/10/2021 | 20:01


No dia em que o Brasil atingiu mais da metade de sua população totalmente vacinada contra a covid-19, o consórcio de veículos de imprensa completou 500 dias ininterruptos de trabalho. O grupo é formado por Estadão, g1, O Globo, Extra, Folha de S.Paulo e UOL. O consórcio foi criado no dia 8 de junho de 2020 em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19.

Os veículos decidiram formar uma parceria e trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias sobre os casos e as mortes pela doença nos 26 Estados e no Distrito Federal.

Em uma iniciativa inédita, as equipes dos veículos de comunicação passaram a dividir tarefas e compartilhar as informações obtidas para que os brasileiros pudessem saber a evolução e o total de óbitos provocados pela covid-19, além dos números consolidados de casos testados e com resultado positivo para o novo coronavírus.

Um balanço diário passou a ser fechado (e divulgado por todos) às 20h.

No início do ano, o consórcio também se comprometeu a divulgar diariamente os dados de pessoas vacinadas contra a doença, mostrando a evolução da imunização em todos os Estados do País. Desde janeiro, são divulgados dados sobre as pessoas que receberam as doses da vacina.

Nesta quarta, 20, o País ultrapassou o porcentual de 50% de totalmente imunizados. São 106,8 milhões de brasileiros com o esquema vacinal completo.

Importância do jornalismo

"Temos um enorme orgulho de participar deste esforço conjunto de levar à sociedade as informações sobre a pandemia. Diante da omissão do governo federal, a imprensa cumpriu a sua missão", diz João Caminoto, diretor de Jornalismo do Grupo Estado.

"Foram 500 dias muito duros para o País. E o consórcio serviu, e serve, a população com o que o jornalismo pode fazer de melhor, que é levar informação precisa, clara e relevante", afirma Renato Franzini, diretor do g1.

"O consórcio traduz o papel decisivo que o jornalismo teve nesse momento tão difícil do País. Que seja uma inspiração para novas gerações de jornalistas", diz Alan Gripp, diretor de Redação de O Globo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;