Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia do Rio investiga assassinato de autor de livro sobre Marielle Franco



20/10/2021 | 18:57


A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga o assassinato do escritor e capoeirista Leuvis Manuel Olivero, de 38 anos, morto no dia 10 de outubro, um domingo, enquanto caminhava pela Tijuca. Os atiradores passaram de carro, dispararam e fugiram sem serem identificados nem roubar nada. A partir de imagens de câmeras de segurança, a Delegacia de Homicídios conseguiu identificar a placa do veículo de onde partiram os tiros.

Olivero era autor de 11 livros, um deles em homenagem a Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro assassinada em março de 2018. Nascido na República Dominicana, ele tinha cidadania norte-americana e morava no Rio havia cerca de 10 anos. Tinha uma filha de 9 anos e namorava uma brasileira.

Segundo familiares, Olivero tinha acabado de levar a filha à casa dos avós maternos e caminhava pela rua Baltazar Lisboa quando um carro passou e atirou em direção a ele. O escritor foi atingido na cabeça e no abdômen. Bombeiros foram chamados e tentaram socorrê-lo, mas quando chegaram a vítima já estava morta.

Olivero foi velado no cemitério do Catumbi, na zona norte do Rio, e depois seu corpo foi enviado para os Estados Unidos, onde moram seus pais e onde ele foi enterrado.

Na última segunda-feira, 18, a Delegacia de Homicídios ouviu depoimentos da namorada de Olivero, do pai dela e da irmã do escritor, que também está no Rio. O computador em que Olivero trabalhava foi levado à polícia para ser submetido a perícia. A família acredita em execução, mas não sabe quem teria motivos para matar o escritor, que segundo os familiares não tinha inimigos no Rio.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;