Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Chelsea massacra Malmo com ajuda brasileira; Juventus ganha e Bayern goleia



20/10/2021 | 18:05


O Chelsea se reabilitou da derrota para a Juventus em grande estilo. Com dois gols do brasileiro naturalizado italiano Jorginho e uma assistência de Thiago Silva, o atual campeão da Liga dos Campeões se impôs diante do frágil Malmo, goleando por 4 a 0 e subindo para a segunda colocação do Grupo H. A Juventus fez 1 a 0 na casa do Zenit e lidera com 100% de aproveitamento.

Em busca da reabilitação após derrota para os italianos, o Chelsea começou a partida em Stanford Bridge com enorme pressão no Malmo. Alugando o campo de ataque, os atuais campeões demoraram apenas nove minutos para abrir vantagem.

Jogada pela direita, o zagueiro brasileiro Thiago Silva cruzou com precisão para belo voleio de Christensen e festa em Londres. Apesar da vantagem, os comandados de Tomas Tuchel seguiram em cima. Aos 20, o brasileiro naturalizado Jorginho sofreu pênalti. Ele mesmo bateu, com perfeição, para dar vantagem cômoda à equipe.

Apesar da vantagem, Tuchel perdeu os atacantes Timo Werner e Lukaku, machucados, ainda no primeiro tempo. Problema para os próximos jogos, já que a fragilidade do Malmo não impediria a equipe de se reabilitar na Liga dos Campeões.

E realmente o time sueco nada pôde fazer para segurar o Chelsea. Substituto de Lukaku, Havertz ampliou no início da etapa final. Pouco depois, novo pênalti para Jorginho cobrar. Goleiro de um lado, bola do outro e vitória transformada em goleada no placar. Foi o 11° gol sofrido pelo visitante em três rodadas e vitória segura do Chelsea.

Jogando em casa, o Zenit deu trabalho para a Juventus na primeira etapa. Sempre apostando em tabelas e jogadas rápidas dos brasileiros Malcom e Claudinho. Em uma bomba de fora da área, o meia exigiu grande defesa do goleiro Szczesny. O polonês ainda salvaria em cabeçada de Chistyakov.

Satisfeitos com o empate que serviria para a manutenção da liderança, os italianos não acertaram o alvo antes do descanso, apesar de ter mais a posse de bola. Na volta do descanso, os russos adotaram postura defensiva, investindo nos contragolpes. Claudinho teve duas boas chances. Foi travado em uma e bateu colocado na outra, bem perto da trave.

A Juventus seguiu sua postura de dominar a bola e arriscar pouco, mas viu seus reservas definirem na reta final. Num cruzamento de De Sciglio, Kulusevski ganhou pelo alto e cabeceou. A bola bateu na trave e entrou, definindo um importante 1 a 0. Os italianos sobem para os 9 pontos, diante de 6 do Chelsea e 3 dos russos. O lanterna Malmo não pontuou ainda.

DESFALQUE NO BANCO E GOLEADA - Pelo Grupo E, o líder Bayern de Munique entrou em campo no Estádio da Luz, em Portugal, com desfalque gigante no banco de reservas. O técnico Julian Nagelsmann não se sentiu bem antes da partida, com uma infecção parecida com gripe, e acabou ficando no hotel da concentração. O auxiliar Dino Toppmöller, com ajuda de Xaver Zembrod, comandou o time na imponente goleada por 4 a 0 sobre o Benfica de Jorge Jesus.

Mesmo sem seu comandante, o Bayern tomou as ações do jogo e merecia melhor sorte em um primeiro tempo no qual dominou e finalizou mais de 10 vezes ao gol de Vlachodimos. Lewandowski até marcou, mas o árbitro viu desvio em seu braço e anulou o lance pouco antes do intervalo. Sané desperdiçou a melhor chance, ao bater para fora livre de marcação.

Os portugueses pouco atacaram. Porém deram trabalho quando conseguiram chegar. Neuer fez grande defesa em jogada individual e chute forte de Darwin Núñez.

Os gols que faltaram no primeiro tempo saíram em sequência nos últimos 20 minutos em Lisboa. Sané abriu o placar aos 25, Everton Cebolinha fez contra aos 35, Lewandowski ampliou aos 37 e Sané fechou a surra aos 39.

O Bayern agora soma 25 jogos sem derrotas na fase de grupos da Liga dos Campeões, com 22 vitórias e três empates. Lidera o Grupo E com 9 pontos, com o Benfica em segundo, com 4, e o Barcelona de volta à briga, com 3. O Dínamo de Kiev tem apenas 1.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;