Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Covid-19: nova mutação da delta foi identificada nos EUA, mas não provocou surtos



20/10/2021 | 10:39


Diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, Rochelle Walensky afirmou que uma nova mutação da cepa delta do coronavírus, nomeada "AY4.2" e primeiro registrada no Reino Unido, foi identificada nos Estados Unidos. Ela ressaltou, porém, que a "subvariante" não foi encontrada em surtos de covid-19.

Walensky também disse que não há evidência de que a AY4.2 diminui a eficácia das vacinas atualmente usadas no país. Segundo ela, na comparação dos últimos sete dias com a semana anterior, a média diária de casos de covid-19 entre americanos diminuiu 16%, a 75.572. Já as hospitalizações reduziram 10,7%, a 6.142, e os óbitos pela doença caíram 3%, a 1.260, seguindo o mesmo confronto.

Jeff Zients, um dos coordenadores da força-tarefa da Casa Branca contra a pandemia, disse que o governo americano tem doses suficientes para vacinar todas as crianças de 5 a 11 anos no país, e começará a fazê-lo assim que o Food and Drug Administration (FDA, a Anvisa americana) aprovar a aplicação dos imunizantes para esta faixa etária. Zients disse que a liberação deve ser dada nas próximas semanas.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;