Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Missa inicia debate entre religiosos e fiéis da Igreja

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Representantes de todas as comunidade do Grande ABC vão participar do Sínodo dos Bispos


Arthur Gandini
Do Diário do Grande ABC

19/10/2021 | 23:29


A Igreja Católica no Grande ABC deu início ontem às atividades regionais do maior processo de consulta democrática da história da igreja cristã. Trata-se da primeira fase do Sínodo dos Bispos, convocado pelo papa Francisco em fevereiro do ano passado para discutir a maior participação dos fiéis na organização interna e na atuação da instituição. O sínodo é uma reunião de caráter consultivo do Vaticano, criada em 1965, que tem o objetivo de debater os rumos da Igreja. É a primeira vez que fiéis irão participar das discussões junto ao clero.

As paróquias das sete cidades da região são organizadas pela Igreja Católica na Diocese de Santo André. O bispo diocesano, dom Pedro Carlos Cipolini celebrou missa ontem na Catedral Nossa Senhora do Carmo, em Santo André, para dar início à etapa regional de preparação para o sínodo. Em torno de 250 pessoas assistiram à celebração, também transmitida pelas redes sociais da diocese.

“Espero que a caminhada que se inicia hoje nos ajude a viver melhor o Evangelho. É esta a esperança: uma Igreja de comunhão e participação unida para a missão”, afirmou Dom Pedro ao Diário sobre a expectativa em relação aos debates entre os religiosos e os fiéis.

Os católicos não pertencentes ao clero são denominados pela nomenclatura da Igreja como “leigos” e organizados por meio do “laicato”. A advogada Thais Araújo, 33 anos, foi uma das leigas que esteve presente na missa. Ela frequenta a Paróquia São Geraldo Magella, no Jardim Petrone, em São Bernardo. Também coordena comissão diocesana voltada a jovens e pessoas em situações de vulnerabilidade e defende que é importante que o Vaticano conheça a realidade de cada paróquia no mundo. “O papa deu essa oportunidade para todos nós e temos que aproveitar”, pontua.

Já a auxiliar administrativa Luzinete de Assis, 53, frequenta a Paróquia Maria Mãe dos Pobres em Diadema, no bairro Canhema, e também participa da pastoral da catequese na sua comunidade. Ela assistiu à celebração e disse que está satisfeita com a convocação feita pelo Vaticano. “É uma abertura que o papa nos dá para que possamos crescer como cristãos”, opina.

CRONOGRAMA

A discussão no Grande ABC ocorrerá por meio de Conselho Diocesano de Pastoral, formado no início do mês. Participam do grupo o bispo diocesano; o vigário geral padre Ademir Santos de Oliveira; o vigário episcopal para a Caridade Social, padre Ryan Holke; sacerdotes coordenadores de regiões pastorais e demais religiosos e religiosas; um leigo representante de cada uma das 105 paróquias e de cada uma das 257 comunidades e capelas da região; e fiéis representantes de pastorais e movimentos católicos. Haverá também um representante da comunidade Nossa Senhora de Diadema, no bairro Casa Grande, hoje em processo de oficialização como paróquia. 

Encontros de formação foram realizados pelos integrantes do conselho nos dias 15 e 16. Reuniões serão feitas em cada paróquia e comunidade até novembro. Todas as reflexões colhidas serão debatidas pelo conselho até fevereiro do ano que vem. Um documento de conclusão será submetido em março à equipe sinodal da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Já as reflexões realizadas em todas as dioceses do planeta serão reunidas e debatidas em conferências continentais de setembro de 2022 a março de 2023. O documento de trabalho resultante dessa segunda etapa será discutido no Vaticano, em outubro de 2023, por meio de uma Assembleia Geral Ordinária. O tema será Por uma Igreja Sinodal: Comunhão, Participação e Missão.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;