Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Congresso aprova crédito para conter covid entre indígenas, mas verba está parada



19/10/2021 | 17:47


O Congresso Nacional aprovou a abertura de um crédito extraordinário de R$ 235 milhões no Orçamento para conter o avanço da covid-19 entre povos indígenas. Esse tipo de medida é autorizada apenas para despesas imprevisíveis e urgentes.

A maior parte da verba, no entanto, está parada e ainda não foi liberada pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.

A medida provisória foi aprovada na semana passada pela Câmara e recebeu aval do Senado, nesta terça-feira, 19. A MP foi assinada por Bolsonaro em junho após o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinar que o governo adotasse medidas para conter o contágio e a mortandade por covid-19 entre a população indígena.

Do valor autorizado, no entanto, apenas R$ 55,4 milhões foram empenhados, ou seja, efetivamente reservados para pagamento no Orçamento, até segunda-feira, 18, de acordo com dados do Painel do Orçamento Federal. Os valores liberados foram direcionados à Funai e ao Ministério da Federal.

Os R$ 173 milhões destinados à distribuição de alimentos a grupos tradicionais ainda não foram executados. O único valor aplicado nessa ação foi de R$ 17,5 milhões, mas dentro do orçamento habitual, não vinculado ao crédito extraordinário.

A aprovação da MP permite a execução dos recursos a partir de agora. Se não fosse aprovado, o texto perderia a validade se não recebesse aval do Congresso até esta terça-feira, 19, e os recursos não poderiam sair do caixa da União.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;