Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

E quem cuida da população?


Do Diário do Grande ABC

18/10/2021 | 23:59


A instabilidade política tomou conta de Rio Grande da Serra. O clima entre Executivo e Legislativo está turvado. O pessimismo toma conta do município. É preciso, a todo custo, evitar que as dificuldades enfrentadas pelo prefeito Claudinho da Geladeira (PSDB) para se manter no cargo influenciem negativamente os rumos administrativos da cidade. A população não pode pagar pela falta de diálogo entre suas lideranças. É surpreendente que a relação entre os poderes tenha se desgastado a tal ponto em tão pouco espaço de tempo. Não decorreu ainda um ano da última eleição, cujo primeiro turno foi realizado em 15 de novembro de 2020, em atraso provocado pela pandemia do novo coronavírus.

Da posse do prefeito, então, não se passaram 12 meses e Claudinho da Geladeira já acumula uma troca de partido (eleito pelo Podemos, está agora acomodado no ninho tucano) e um processo de impeachment que lhe desalojou da cadeira – restituída pela Justiça em menos de 24 horas. O inferno astral do chefe do Executivo rio-grandense, todavia, parece longe de terminar. A Câmara ainda toca duas comissões processantes destinadas a apurar irregularidades supostamente cometidas pela administração. Permitir que funcionários públicos furassem a fila da vacinação contra a Covid-19 é uma das suspeitas; deixar de responder aos requerimentos de informações formulados pelos vereadores é a outra.

Ontem, em decisão de primeira instância, os advogados de Claudinho da Geladeira conseguiram suspender as investigações do Poder Legislativo ao alegar que o mandatário teve cerceado o direito à ampla defesa. Haverá recurso, que pode, ou não, manter a decisão. A guerra nos tribunais realça as incertezas dos moradores quanto ao futuro da cidade. Outros municípios do Grande ABC, como São Caetano, nesta gestão, e Mauá, na anterior, são provas do estrago que a falta de estabilidade política pode causar na vida do cidadão comum.

A questão é bastante simples. Enquanto prefeito e vereadores brigam pelo poder, quem assiste a população de Rio Grande da Serra? 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;