Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estado antecipa segunda dose da Pfizer de 8 meses para três semanas


Anderson Fattori

19/10/2021 | 05:52


Com intuito de tentar acelerar o término do esquema vacinal contra a Covid-19, o governo do Estado anunciou ontem que vai antecipar o intervalo entre a primeira e a segunda dose da Pfizer que era de oito meses para três semanas (21 dias). A medida deveria entrar em vigor hoje no Grande ABC, mas as cidades da região disseram ao Diário que aguardam ofício para cumprir a determinação.

A antecipação do intervalo não se aplica aos jovens de 12 a 17 anos, que precisam esperar o intervalo de oito semanas para receber a segunda dose. De acordo com o Estado, a antecipação deste público será adotada mediante a disponibilização de mais imunizantes de Pfizer pelo Ministério da Saúde.

Mesmo assim, de acordo com o governo do Estado a medida deve beneficiar 2 milhões de pessoas com 18 anos ou mais que moram no Estado de São Paulo. “Distribuímos integralmente a todas as cidades as doses necessárias para concluir a imunização do público adulto e, por isso, pactuamos com o Cosems (Conselho de Secretários Municipais de Saúde) esta redução no prazo para 21 dias”, explicou a coordenadora geral do PEI (Plano Estadual de Imunização), Regiane de Paula.

Para reforçar as orientações à população, a Secretaria de Estado da Saúde e a Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo) estão reprogramando o disparo de mensagens de texto pelo celular (SMS) e e-mail com informações sobre a nova medida, reforçando a recomendação para consulta aos cronogramas das cidades de residência e conferir a sua carteira de vacinação.

Cada cidadão que já recebeu a primeira dose do imunizante da Pfizer poderá conferir sua carteirinha para verificar a nova previsão de retorno ao posto, contando em seu calendário 21 dias a partir da data da primeira dose – e mesmo que o período já seja maior que este, também poderá tomar a segunda dose antes da data de retorno sinalizada em sua carteirinha.

De acordo com os boletins epidemiológicos enviados pelas prefeituras, as cidades da região ainda precisam vacinar cerca de 500 mil pessoas com 18 anos ou mais que já iniciaram o esquema vacinal contra a Covid, mas não há informação de quantos desses munícipes receberam o fármaco da Pfizer. Os imunizados com a Coronavac recebem o segundo imunizante depois de 28 dias e quem recebeu a Astrazeneca o prazo é de oito semanas. No total, levando em consideração apenas a população acima dos 18 anos, 82,7% de quem mora no Grande ABC já foram imunizados com as duas doses. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;