Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Entidades assinam manifesto contrário à reforma do IR em tramitação no Congresso



18/10/2021 | 18:58


Um manifesto assinado por 88 entidades empresariais e de classes contrárias à reforma do Imposto de Renda em tramitação no Congresso Nacional será entregue nesta segunda-feira, 18, ao relator do projeto no Senado, senador Ângelo Coronel (PSD-BA).

As signatárias consideram que o Projeto de Lei 2.337/2021, que trata do assunto, foi votado na Câmara dos Deputados de forma apressada e sem a discussão merecida nas comissões temáticas da Casa, apesar de, na avaliação das entidades, a matéria ser polêmica e inoportuna.

O documento pede que o Senado Federal rejeite o projeto aprovado na Câmara e que sejam formadas comissões de juristas e economistas para a formulação de uma nova proposta para a tributação da renda no País.

"A resistência à aprovação do atual texto do projeto de reforma do imposto de renda decorre de uma indesejada inversão de prioridades, falta de transparência e clareza de impactos econômicos, interdição de debates, aumento de carga tributária para pessoas físicas e jurídicas, além da perda de arrecadação em desfavor, sobretudo, dos Estados, Distrito Federal e municípios", diz o texto.

A reforma no IR foi aprovada pela Câmara dos Deputados em 2 de setembro deste ano. A tramitação do projeto, entretanto, ocorreu em regime de urgência e não passou, como é de costume para temas de maior complexidade, por comissões como a de Constituição e Justiça (CCJ) e a de Tributação e Finanças.

A entrega do manifesto ao senador Ângelo Coronel será feita em reunião com os associados do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (CESA), que subscreve o documento.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;