Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

'A vacina nunca vinha', diz sobrevivente da covid que perdeu seis parentes



18/10/2021 | 15:18


Em tratamento com graves sequelas após ter contraído covid, o depoente Arquivaldo Bites Leão Leite relatou à CPI ter perdido seis integrantes de sua família para a doença. Primeiro, dois de seus primos faleceram. Depois, um tio, um irmão e dois sobrinhos. "A vacina nunca vinha", lamentou.

Segundo Arquivaldo, a morte de seu irmão levou sua família a ser ativa em protestos contra o presidente Jair Bolsonaro. Ele diz que um de seus parentes chegou a ser preso por levar, em seu carro, uma faixa com os dizeres "Bolsonaro genocida".

Enquanto estava acometido pela covid, Arquivaldo sofreu um derrame e perdeu a audição de um dos ouvidos. Hoje, ele tem o equilíbrio comprometido e caminha com o auxílio de um andador. "Estou aqui hoje porque tive a oportunidade de tomar a vacina, enquanto meu irmão e outras 600 mil pessoas não tiveram", disse.

O depoente também fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro, disse estar certo de que o mandatário cometeu um "genocídio premeditado" e lamentou que o chefe do Executivo tenha causado aglomerações e desestimulado o uso de máscaras.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;