Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

ONG estende lenços brancos diante do Congresso durante depoimentos na CPI/Covid



18/10/2021 | 14:05


No dia em que parentes das vítimas da covid-19 participam de audiência pública na CPI da Covid, mais de 600 mil lenços brancos foram estendidos em um gramado em frente ao Congresso Nacional, nesta segunda-feira, 18. O ato foi promovido pela ONG Rio da Paz em homenagem aos mortos e órfãos da pandemia no Brasil.

O País ultrapassou a marca de 603,3 mil mortos desde o início da pandemia, em março de 2020. A CPI deve concluir os trabalhos na próxima semana e responsabilizar o presidente Jair Bolsonaro pelo descontrole sanitário no Brasil. Conforme o Estadão revelou, o relatório do senador Renan Calheiros (MDB-AL) acusa o governo de agir com dolo na crise, ou seja, assumindo os riscos conscientemente.

Durante a audiência da CPI, o fundador da ONG, Antônio Carlos da Costa, criticou a postura de Bolsonaro na pandemia. "Em dias de fome, doença, morte, luto, em vez de cuidar do povo que o elegeu, se dedicou tão somente a defender seu mandato e garantir sua reeleição", afirmou Costa.

O relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), reforçou que irá propor no parecer final uma pensão para órfãos da covid no valor de um salário mínimo, pago para crianças e adolescentes de baixa renda até os 21 anos de idade. Além disso, a CPI deve pedir a inclusão da covid-19 na lista de doenças que são causas para aposentadoria por invalidez.

'Sofrimento de uma nação'

O senador Rogério Carvalho (PT-SE), escreveu, em publicação no Twitter, sobre a sessão da CPI desta segunda, que ouve depoimentos de parentes de vítimas da covid-19. As falas têm como objetivo retratar o impacto da doença na vida das famílias brasileiras. "Hoje a #CPIdaCovid materializa o sofrimento de uma nação. Tudo por causa dos crimes de um presidente. Os responsáveis vão ser punidos! A cada depoimento, uma dor. Famílias destruídas.Traumas incuráveis!", registrou.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;