Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Bolsonaro faz novo aceno a Augusto Nardes, ministro do TCU, durante evento em MG



18/10/2021 | 13:45


O presidente Jair Bolsonaro fez novos acenos nesta segunda-feira, 18, durante evento em São Roque de Minas (MG), ao ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes. A fala vem um mês após Bolsonaro dizer, em meio à dificuldade em emplacar André Mendonça como ministro do Supremo Tribunal Federal, que Nardes, se fosse magistrado da corte, votaria contra a derrubada do marco temporal.

"Temos aqui um ministro que não é meu, mas já foi meu colega de Parlamento, que é um grande incentivador dessa questão da água. É o ministro Augusto Nardes. Obrigado, Nardes. Mais do que estimular, você nos deu o norte para essa questão", afirmou Bolsonaro.

Nardes foi indicado ao TCU pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em 2015, ganhou projeção nacional ao relatar, no TCU, o processo que reprovou as contas do ano anterior do governo Dilma devido às chamadas "pedaladas fiscais", motivo utilizado para justificar o impeachment da petista.

Em 17 de setembro, Bolsonaro afirmou que Nardes ao dizer que ele, se fosse ministro do STF, votaria de forma contrária à revisão do marco temporal, processo hoje suspenso na Corte e caro ao presidente. A declaração foi interpretada à época como um aumento da fritura de André Mendonça, indicado pelo presidente ao Supremo em junho. Até hoje, contudo, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), não marcou a sabatina do ex-ministro da Justiça.

Ainda no evento desta segunda-feira, que lançou o programa "Jornada das Águas", voltado à preservação de mananciais, Bolsonaro ainda exaltou a importância do senador Carlos Viana (PSD-MG), vice-líder do governo no Senado e pré-candidato ao Executivo mineiro, na liberação de obras para o metrô de Belo Horizonte.

Viana disputa com o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), o apoio de Bolsonaro para disputar as eleições estaduais no ano que vem. Se conseguir o endosso presidencial, o senador deve trocar de partido, já que o PSD pretende lançar na disputa o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil.

Programa

Com a presença de Bolsonaro, o evento de hoje em São Roque de Minas serviu de lançamento do programa Jornada das Águas, que visa a proteção dos mananciais, em especial do rio São Francisco. De acordo com o governo, serão R$ 5,8 bilhões em investimentos previstos no processo de capitalização da Eletrobras. A medida deve ser oficializada no Diário Oficial da União (DOU) de amanhã, disse hoje o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Ao longo da semana, o presidente vai a Estados do Nordeste - onde seu provável maior adversário na campanha de 2022, Luiz Inácio Lula da Silva, tem força - para fazer anúncios e entregas de obras de infraestrutura.

Neste dia do médico, Bolsonaro, durante seu discurso, elogiou a classe e voltou a defender tratamentos ineficazes para a covid-19 e, mais uma vez, insistiu que não adotará o chamado "passaporte da vacina" no Brasil.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;