Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Em Santo André, Eduardo Leite pede união no PSDB

Daniel Tossato/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Governador do Rio Grande do Sul e o prefeito de Santo André, Paulo Serra, se reuniram com tucanos para decidir prévias do partido


Daniel Tossato

17/10/2021 | 13:11


O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), pediu união dentro do partido e disse não acreditar que o chefe do Executivo do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), se vingue de correligionários que não o apoiem nas prévias do partido que escolherá o presidenciável da legenda. A declaração foi feita em evento realizado na manhã deste domingo, em bufê de Santo André, com lideranças do tucanato da região.

A reunião, que contou com a presença do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), um dos coordenadores do projeto de Eduardo no Estado, serviu para aproximar o governador gaúcho da militância do Grande ABC. "Tenho 20 anos de filiação. Portanto. temos maturidade no processo político. Antes de tudo, nossos adversários nem sequer são Lula e Bolsonaro, são os problemas que o Brasil tem, inflação, desemprego, saúde em função da pandemia. De minha parte, o jogo será na bola, sem ofensas e ataques pessoais, porque o PSDB precisa sair e sairá unido desse processo das prévias. Mas é natural que, em momentos de disputa, se acentuem as diferenças, mas isso nada tem a ver em atacar e fazer ofensas”, declarou o governador.

No Grande ABC, o tucanato de Santo André oficializou apoio a Eduardo Leite, enquanto o diretórios do PSDB em São Bernardo, cujo prefeito é Orlando Morando (PSDB), e em São Caetano, onde o partido é presidio pelo ex-prefeito José Auricchio Júnior (PSDB), irão apoiar João Doria. A legenda, em Ribeirão Pires, entretanto, não fechou questão e decidiu liberar seus filiados na hora da escolha. Além de Leite e Doria, também participa das prévias o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio (PSDB).

Praticamente todos o vereadores e lideranças do PSDB que fizeram uso da fala no evento pediram união, não somente no partido, mas também no País. Vídeos que foram veiculados durante o encontro pregaram harmonia entre os cidadãos em época pré-eleitoral.

Paulo Serra afirmou que Eduardo Leite é o único nome dentro do partido que tem capacidade de “agregar” o partido e o Brasil. “Eduardo Leite está trilhando caminho que (o ex-governador do Estado de São Paulo) Mário Covas fez há pouco mais de 20 anos. Saneou as contas em seu Estado e busca agregar. Hoje, ninguém no partido tem a capacidade de unir o PSDB e o País como ele.”

DESTAQUE
Ainda durante o evento, o governador Eduardo Leite enalteceu a parceria com Paulo Serra e garantiu que o mandatário do Paço de Santo André terá lugar de destaque durante as prévias, na eleição e até mesmo em uma possível gestão, caso Leite saia vitorioso na disputa para o Palácio do Planalto no ano que vem.

“Tenho certeza que ele (Paulo Serra) terá papel fundamental, não só nas prévias, mas nas eleições e depois para governar nosso País. Mas estes papéis são reservados para definição depois que ganhar a eleição. Não se divide, não se distribui nada, de cargos e funções, em um governo que não temos”, avaliou o governador.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;