Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Quatro das vítimas de naufrágio em barco-hotel no Pantanal eram da mesma família



16/10/2021 | 16:35


Quatro das seis vítimas do naufrágio do barco-hotel Carcará, no Pantanal, na tarde da sexta-feira, 15, eram da mesma família. Um amigo do grupo também morreu no acidente e o Corpo de Bombeiros continua as buscas por outra pessoa que estava embarcada.

O naufrágio ocorreu no Rio Paraguai, após grande tempestade na região, com ventos que chegaram a atingir 50 quilômetros por hora. No momento do acidente, a embarcação turística com 21 pessoas estava se dirigindo ao Porto Geral de Corumbá, que fica a 10 quilômetros do local do acidente. Catorze pessoas foram resgatadas com vida.

Geraldo Alves, uma das vítimas, foi vereador de Rio Verde, em Goiás, presidente do sindicato rural da cidade e integrava a loja maçônica local. O genro e o neto dele, Fernando Gomes de Oliveira e Thiago Souza Gomes, respectivamente, também morreram no acidente, além do irmão do ex-vereador, Olímpio Alves de Souza. Um amigo do grupo, Fernando Rodrigues Leão, é outra das vítimas.

A prefeitura de Rio Verde decretou luto de três dias pelas perdas e a Câmara Municipal da cidade publicou comunicado lamentando a morte do ex-vereador. "Cabe destacar o trabalho e a relevante contribuição que Geraldo deu ao progresso da nossa cidade, seja como membro da Loja Maçônica Estrela-Verdense, seja como vereador ou presidente do sindicato."

Geraldo Alves, uma das vítimas, foi vereador de Rio Verde, em Goiás, presidente do sindicato rural da cidade e integrava a loja maçônica local. O genro e o neto dele, Fernando Gomes de Oliveira e Thiago Souza Gomes, respectivamente, também morreram no acidente, além do irmão do ex-vereador, Olímpio Alves de Souza. Um amigo do grupo, Fernando Rodrigues Leão, é outra das vítimas.

A prefeitura de Rio Verde decretou luto de três dias pelas perdas e a Câmara Municipal da cidade publicou comunicado lamentando a morte do ex-vereador. "Cabe destacar o trabalho e a relevante contribuição que Geraldo deu ao progresso da nossa cidade, seja como membro da Loja Maçônica Estrela-Verdense, seja como vereador ou presidente do sindicato."

Em nota, o sindicato rural de Rio Verde, que foi presidido por Geraldo Alves, afirmou que "lamenta profundamente o trágico acidente" e lembrou que ele foi responsável por adquirir a área que hoje é o Tatersal de Leilões do sindicato.

A loja maçônica Grande Oriente Brasil também publicou nota de pesar. "A perda dos nossos irmãos, familiares e amigos ocorrida nesta tragédia nos deixa um vazio irreparável."



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;